A inserção da regulamentação da profissão na área de educação física, dez anos depois: embates, debates e perspectivas

Autores

  • Marco Bettine Almeida Unicamp
  • Paulo César Montagner Unicamp
  • Gustavo Luis Gutierrez Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.3051

Palavras-chave:

Prática Profissional. Educação Física. Conselhos de Especialidade Profissional

Resumo

Este texto discute alguns aspectos da regulamentação da profissão na área da Educação Física, seu desenvolvimento e a participação dos principais sujeitos políticos. Frente a um tema atual e polêmico, procuramos fazer uma apresentação objetiva e abrangente do seu desenvolvimento e ilustrar as posições e argumentos dos sujeitos que participam do debate. Para tanto, iniciamos apresentando aspectos importantes da regulamentação das profissões, para depois elaborar uma análise da lei e resoluções do Conselho destacando: (a) o seu significado; (b) atribuições e competências; (c) o limite para a fiscalização e do poder de policia e (d) apontar as atividades típicas do profissional. A título de fechamento, descrevemos aspectos de uma polêmica bastante recente, a subordinação da dança, yoga, artes marciais ao Conselho Federal de Educação Física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Bettine Almeida, Unicamp

Dtdo. Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação Física da Unicamp. Graduando em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas Programa Estágio Docente da FEF-Unicamp.

Paulo César Montagner, Unicamp

Diretor da Faculdade de Educação Física Unicamp Doutor em Educação Física - FEF/ Unicamp Departamento de Ciências do Esporte Área de Concentração: Ciência do Desporto Linha de pesquisa: DESPORTO, SAÚDE E EDUCAÇÃO

Gustavo Luis Gutierrez, Unicamp

Prof. Titular da Faculdade de Educação Física da Unicamp

Publicado

2009-03-26

Como Citar

ALMEIDA, M. B.; MONTAGNER, P. C.; GUTIERREZ, G. L. A inserção da regulamentação da profissão na área de educação física, dez anos depois: embates, debates e perspectivas. Movimento, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 275–292, 2009. DOI: 10.22456/1982-8918.3051. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/3051. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Ensaios