AS PERCEPÇÕES E OS SIGNIFICADOS PARA OS ESTAGIÁRIOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM RELAÇÃO À INDISCIPLINA NA ESCOLA

Autores

  • Ivan Luis Santos Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Heitor Andrade Rodrigues Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Fábio Tomio Fuzii Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Ricardo Simões Oliveira Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Mateus Kerr Oliveira Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Daniela Fernanda Peluqui Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Suraya Cristina Darido Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2976

Palavras-chave:

Comportamento. Educação Física. Ensino fundamental e médio.

Resumo

Esta pesquisa buscou investigar as causas da indisciplina na escola e nas aulas de Educação Física, os procedimentos metodológicos utilizados pelos estagiários, bem como, o papel da escola diante desse fenômeno. A metodologia utilizada foi de natureza qualitativa, tendo como participantes 16 alunos de um curso de Licenciatura em Educação Física público. A indisciplina foi apontada pelos estagiários enquanto um problema presente em suas práticas e atrelada a diferentes dificuldades. Logo, como procedimentos metodológicos mais citados, apareceram a chantagem, os combinados e o diálogo, sendo a instituição escolar, destacada enquanto elucidadora das regras, dos direitos e dos deveres dos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan Luis Santos, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Possui graduação em Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006). Foi aluno de iniciação científica, atuando na área de Comportamento e Controle Motor (2004-2006). Atualmente é professor da rede pública de Ensino Básico e mestrando da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, na área de Pedagogia da Motricidade Humana. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física Escolar. Atua principalmente nos seguintes temas: Práticas Pedagógicas em Educação Física; Sexualidade e Orientação Sexual na escola; Pensamento Reichiano; Atletismo; Formação Profissional em Educação Física. Departamento de Educação Física. Instituto de Biociências – UNESP – Campus de Rio Claro. Membros do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Heitor Andrade Rodrigues, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Mestrando em Ciências da Motricidade. Departamento de Educação Física. Instituto de Biociências – UNESP – Campus de Rio Claro. Membros do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Fábio Tomio Fuzii, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Mestrando em Ciências da Motricidade. Departamento de Educação Física. Instituto de Biociências – UNESP – Campus de Rio Claro. Membros do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Ricardo Simões Oliveira, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Graduado no curso de Licenciatura em Educação Física. Instituto de Biociências – UNESP – Campus de Rio Claro. Membros do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Mateus Kerr Oliveira, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Graduado no curso de Licenciatura em Educação Física. Instituto de Biociências – UNESP – Campus de Rio Claro. Membros do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Daniela Fernanda Peluqui, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Graduada no curso de Licenciatura em Educação Física. Instituto de Biociências – UNESP – Campus de Rio Claro. Membros do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Suraya Cristina Darido, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Doutora em Educação Física. Professora do Departamento de Educação Física do Instituto de Biociências – UNESP – Campus de Rio Claro. Coordenadora do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Publicado

2008-11-20

Como Citar

SANTOS, I. L.; RODRIGUES, H. A.; FUZII, F. T.; OLIVEIRA, R. S.; OLIVEIRA, M. K.; PELUQUI, D. F.; DARIDO, S. C. AS PERCEPÇÕES E OS SIGNIFICADOS PARA OS ESTAGIÁRIOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM RELAÇÃO À INDISCIPLINA NA ESCOLA. Movimento, [S. l.], v. 14, n. 3, p. 117–137, 2008. DOI: 10.22456/1982-8918.2976. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2976. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais