Mulheres no Esporte: Corporalidades e Subjetividades

Autores

  • Miriam Adelman

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2889

Palavras-chave:

Mulheres. Esporte. Corporalidade

Resumo

Estudos sobre corporalidade e subjetividade que t rabalham a par tir da premissa da profunda imbricação da construção de corpos e identidades vêm adquirindo um espaço cada vez maior na teoria social contemporânea. Dentro destes, vem à tona o problema da centralidade dada a determinados “projetos do corpo” na cultura contemporânea, que têm uma forte dimensão de gênero e agem de uma maneira particular sobre a subjetividade feminina. Neste trabalho, reflito sobre resultados de pesquisa minha em duas modalidades esportivas – o do vôlei, e do hipismo clássico – com o intuito maior de discutir as possibilidades do esporte servir como um espaço de t ransgressão, empoderamento, e/ou disciplinamento patriarcal das mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-28

Como Citar

ADELMAN, M. Mulheres no Esporte: Corporalidades e Subjetividades. Movimento, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 11–29, 2007. DOI: 10.22456/1982-8918.2889. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2889. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Em foco

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.