FUTEBOL NO BANCO DOS RÉUS: O CASO DA HOMOFOBIA

Autores

  • Marco Bettine Almeida USP
  • Alessandro da Silva Soares USP

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.20826

Palavras-chave:

Homossexualidade. Sociedade. Futebol.Transtornos Fóbicos

Resumo

Este ensaio procura discutir algumas questões relacionadas à homofobia no futebol. Para isso analisaram-se, por meio de documentos oficiais e pesquisa bibliográfica, as dificuldades e os desafios para a luta contra a homofobia no Brasil. A partir destas discussões iniciais buscou-se relacionar o mundo do “macho” e a reprodução da discriminação no futebol. Como forma de análise partiu-se de dois autores das ciências sociais, Durkheim com o conceito de anomia, que oferece uma explicação do motivo da repressão ao diferente (idéia da dicotomia sagrado e profano); e Habermas com a idéia de sociedade civil organizada como forma de construção de mecanismos de luta para transformação de uma realidade concreta e possibilidade de diálogo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Bettine Almeida, USP

Professor de Sociologia do Esporte no curso de Ciências da Atividade Física. Profesor de Pós graduação Lato Sensu em Mudança Social EACH-USP (curso de Habemas). Professor do Mestrado em Mudança Social e Participação Política EACH-USP.

Vice Coordenador da Núcleo de Apoio à Pesquisa (Pró-reitoria de Pesquisa) LUDENS.

Alessandro da Silva Soares, USP

É licenciado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1998), mestrado (2002) e doutorado (2006) em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é professor da Escola de Artes Ciências e Humanidades - EACH - da Universidade de São Paulo no Curso de Gestão de Políticas Públicas e Coordenador do program de Pós-Graduação em Mudança Social e Participação Política. Atua na área de Psicologia Política, Políticas Públicas e Multiculturalismo. É um dos co-fundadores da Associação Brasileira de Psicologia Política; co-Editor da Revista Psicologia Política mantida pela ABPP (2008-2011) e pesquisador do Grupo de Políticas Públicas, territorialidades e sociedade do Instituto de Estudos Avançados da USP. Fez um estagio internacional na Universidad Complutense de Madrid junto ao departamento de Sociologia das Estruturas Sociais. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Relações Interpessoais, atuando principalmente nos seguintes temas: Psicologia Política, Psicologia Social, Consciência Política, Psicologia dos Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Minorias e Multuculturalimo.

Downloads

Publicado

2012-01-05

Como Citar

ALMEIDA, M. B.; SOARES, A. da S. FUTEBOL NO BANCO DOS RÉUS: O CASO DA HOMOFOBIA. Movimento, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 301–321, 2012. DOI: 10.22456/1982-8918.20826. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/20826. Acesso em: 8 fev. 2023.

Edição

Seção

Ensaios