O CORPO NEGRO E OS PRECONCEITOS IMPREGNADOS NA CULTURA: UMA ANÁLISE DOS ESTEREÓTIPOS RACIAIS PRESENTES NA SOCIEDADE BRASILEIRA A PARTIR DO FUTEBOL

Autores

  • Bruno Otávio de Lacerda Abrahão UFV
  • Antonio Jorge Gonçalves Soares UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.20590

Palavras-chave:

"raça negra", preconceito, futebol brasileiro.

Resumo

Os autores analisaram os signif icados dos estereótipos sobre a "raça negra" através do futebol. Simbolizados através das imagens de "macacos" ou inscritas no "mundo natural/animal", quais sentidos assumem os estereótipos construídos sobre a "raça negra" que têm sido acionados através do futebol brasileiro? Para tanto, observaram as ofensas que ocorreram nos estádios no hiato de 2005 até 2011 e concluíram que o fato dessas representações terem emergido num momento de conflito revela que "raça" é uma moeda acionada diante da isonomia das regras civis ou esportivas relembrando as "diferenças" daqueles que estão inscritos em país igualitário e liberal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Otávio de Lacerda Abrahão, UFV

Bacharel e Licenciado em Educação Física (2002), pela Universidade Federal de Viçosa; Especialista em Filosofia (2006), pela Universidade Federal de Ouro Preto; Mestre (2006) e Doutor (2010), em Educação Física pela Universidade Gama Filho, na área de concentração "Educação Física e Cultura". É professor adjunto do departamento de Educação Física, Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia (UFBA). Leciona e orienta no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFBA e no Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).

Antonio Jorge Gonçalves Soares, UFRJ

Professor da UFRJ

Downloads

Publicado

2011-12-13

Como Citar

ABRAHÃO, B. O. de L.; SOARES, A. J. G. O CORPO NEGRO E OS PRECONCEITOS IMPREGNADOS NA CULTURA: UMA ANÁLISE DOS ESTEREÓTIPOS RACIAIS PRESENTES NA SOCIEDADE BRASILEIRA A PARTIR DO FUTEBOL. Movimento, [S. l.], v. 17, n. 4, p. 265–280, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.20590. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/20590. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Ensaios