IMPORTÂNCIA DA PESQUISA SOCIAL EM SAÚDE

Autores

  • José Moriño Mosquera Prof. Titular PUCRS e UFRGS
  • Claus Dieter Stobäus Prof. Adjunto PUCRS e UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2006

Palavras-chave:

Ciência social. Pesquisa social. Saúde.

Resumo

É sabido que o ser humano tem estado sempre interessado em decifrar e conviver com seu meio ambiente e, especialmente, em entender a natureza dos fenômenos que se lhe apresentam ante os seus sentidos. Obras belíssimas como "Uma história natural dos sentidos", de Diane Ackerman, o comprovam. Os meios que lhe servem para alcançar estes fins podem classificar-se em três amplas categorias: experiência, raciocínio e investigação. É importante alertar que, apesar de poderem ser analisadas por separado, estas categorias servem, quando integradas, para a busca de solução de complexos problemas que afetam a sua vida e o seu mundo em constante mutação. Passamos a analisar estas três categorias, já que elas representam os níveis de conhecimento com os quais o ser humano lida e tenta desenvolver a sua existência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Moriño Mosquera, Prof. Titular PUCRS e UFRGS

Artigo Digitalizado

Claus Dieter Stobäus, Prof. Adjunto PUCRS e UFRGS

Artigo digitalizado

Downloads

Publicado

1994-05-08

Como Citar

MOSQUERA, J. M.; STOBÄUS, C. D. IMPORTÂNCIA DA PESQUISA SOCIAL EM SAÚDE. Movimento, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 41–46, 1994. DOI: 10.22456/1982-8918.2006. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2006. Acesso em: 28 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais