POLÍTICAS PÚBLICAS DE ESPORTE E LAZER NO BRASIL: UMA PROPOSTA TEÓRICO-METODOLÓGICA DE ANÁLISE

Autores

  • Fernando Augusto Starepravo Universidade Estadual de Maringá (UEM) Departamento de Educação Física
  • Juliano de Souza UFPR
  • Wanderley Marchi Junior UFPR

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.18420

Palavras-chave:

Políticas públicas. Esportes. Atividades de Lazer. Métodos.zer. Métodos.

Resumo

O presente ensaio pretende contribuir com uma leitura mais refinada das políticas públicas de esporte e lazer por parte dos especialistas, através de algumas reflexões, conceitos e procedimentos metodológicos, que constituem parte fundamental das ferramentas de pesquisa do pesquisador social, particularmente aqueles que buscam uma leitura sociocultural do esporte, do lazer e das temáticas correlatas. Para tanto revisitamos alguns autores do campo científico/acadêmico da Educação Física, bem como recorremos a alguns agentes de outras áreas do conhecimento, que com suas contribuições podem auxiliar na superação da proliferação horizontal da produção científica da área, promovendo seu crescimento vertical em qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Augusto Starepravo, Universidade Estadual de Maringá (UEM) Departamento de Educação Física

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (2003), mestrado (2005) e doutorado em Educação Física (2011) pela mesma Instituição. Seus estudos estão voltados especialmente às políticas públicas de esporte e lazer, atuando principalmente nos seguintes temas: Estado, esporte, sociologia, políticas públicas, esporte universitário e lazer. Atualmente é professor do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e do Programa de Pós-graduação Associado em Educação Física UEM-UEL, orientando alunos de mestrado e doutorado. É associado à International Sociology of Sport Association (ISSA), ao Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) e diretor da Asociación Latinoamericana de Estudios Socioculturales del Deporte (ALESDE), além de coordenar o Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas de Esporte e Lazer (GEPPOL/CNPq).

Juliano de Souza, UFPR

Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná. Mestrado e Doutorado em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná. Professor Adjunto do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá. Coordenador e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM-UEL. Coordenador do Observatório de Educação Física e Esporte (OEFE-UEM). Pesquisador do Centro de Pesquisa em Esporte, Lazer e Sociedade (CEPELS-UFPR) e da Asociación Latinoamericana de Estudios Socioculturales del Deporte (ALESDE). Editor do periódico The Journal of the Latin American Socio-cultural Studies of Sport. Tem experiência com ensino nas áreas de Educação Física e esportes nos diferentes níveis de formação. Atua com pesquisas nas áreas de Epistemologia da Educação Física e Sociologia do Esporte.

Wanderley Marchi Junior, UFPR

Possui graduação em Educação Física e Técnico Desportivo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987), mestrado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (1994), doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2001) e pós-doutorado em Sociologia do Esporte pela West Virginia University/USA (2012). Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Sociologia do Esporte, atuando principalmente nos seguintes temas: esporte, voleibol, educação física, sociologia do esporte e história do esporte. Atua nos programas de pós-graduação, nível de mestrado e doutorado, respectivamente nos departamentos de Educação Física e de Ciências Sociais da Universidade Federal do Paraná. Coordena o grupo de pesquisa CEPELS/Centro de Pesquisas em Esporte, Lazer e Sociedade/UFPR

Downloads

Publicado

2011-08-14

Como Citar

STAREPRAVO, F. A.; SOUZA, J. de; MARCHI JUNIOR, W. POLÍTICAS PÚBLICAS DE ESPORTE E LAZER NO BRASIL: UMA PROPOSTA TEÓRICO-METODOLÓGICA DE ANÁLISE. Movimento, [S. l.], v. 17, n. 3, p. 233–251, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.18420. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/18420. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Ensaios