A ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA E O CAMPO DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO ESTADO SUL-RIO-GRANDENSE: AS ORIGENS DA FORMAÇÃO ESPECIALIZADA (1869-1929)

Autores

  • Vanessa Bellani Lyra Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Janice Zarpellon Mazo ESEF/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.18216

Palavras-chave:

História, Educação Física, Formação de Professores.

Resumo

A fundação da ESEF esta inserida em um processo social, no qual a sociedade sul-rio-grandense foi mobilizada para o alcance de finalidades que, antes mesmo de corresponderem a suas particularidades sociais, remetiam-se à consolidação de um novo Brasil, país que então emergia enquanto organização política republicana. Assim, em nosso entendimento, qualquer tentativa de distinguir a ESEF enquanto primeira instituição de ensino a formar professores em nível superior no Estado, passa, necessariamente, pelo conhecimento dos esforços de sistematização desta prática formativa, que antecederam a sua chegada ao campo. De tal modo, o objetivo central do estudo foi o de compreender como ocorreu a formação de professores de Educação Física no período anterior a institucionalização da ESEF. Para tanto, o reconhecimento e a validade de novas versões sobre nosso objeto de estudo, bem como a utilização de fontes que anunciem procedências e naturezas diversas são elementos que compõe uma forma particular de apropriação da história, da qual procuramos aqui nos aproximar: a História Cultural. Nesse espectro, nossas investigações acerca do tema nos levaram a pontuar dois momentos significativos que atravessaram o campo nesses momentos iniciais: a ausência de formação especializada e, a partir do ano de 1929, a organização dos chamados “Cursos Intensivos de Educação Physica”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Bellani Lyra, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduada em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2004). Mestre em Educação, pela Universidade Federal de Santa Catarina, na linha de pesquisa Educação, História e Política (2009). Doutora em Ciências do Movimento Humano, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na linha de pesquisa Representações Sociais do Movimento Humano (2013). Professora dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física, Pedagogia e Dança, na Universidade de Caxias do Sul. Professora da disciplina Dança e Expressão Corporal, do Programa de Extensão UCSSênior. Tem experiência na área de Educação/ Educação Física estudando principalmente os seguintes temas: História das Práticas Corporais, Dança e Expressão Corporal, Educação e Longevidade. Membro-pesquisador do Núcleo de Estudos em História e Memória do Esporte e da Educação Fisica, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Membro Pesquisador do Núcleo de Pesquisa Ciências e Artes do Movimento Humano, da Universidade de Caxias do Sul.

Janice Zarpellon Mazo, ESEF/UFRGS

Professora dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física da Escola de Educação Física (ESEF) e do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano (PPGCMH) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Publicado

2011-03-18

Como Citar

LYRA, V. B.; MAZO, J. Z. A ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA E O CAMPO DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO ESTADO SUL-RIO-GRANDENSE: AS ORIGENS DA FORMAÇÃO ESPECIALIZADA (1869-1929). Movimento, [S. l.], v. 16, n. 5, p. 37–60, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.18216. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/18216. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais