ESEF 70 ANOS: O PROCESSO DE FEDERALIZAÇãO SOB O OLHAR DISCENTE

Autores

  • Silvana Vilodre Goellner Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Johanna Coelho von Mühlen ESEF/UFRGS
  • André dos Santos Silva ESEF/UFRGS
  • Luciane Silveira Soares Endereço: Rua João Maia, 26, bairro: Nonoai - cep: 90830-310, Porto Alegre/RS
  • Marco Antônio Avila de Carvalho ESEFID/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.18215

Palavras-chave:

Historia do século XX, Brasil. Política. Educação Física. Estudantes. Universidades.

Resumo

Este artigo analisa o processo de federalização da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul sob o olhar dos discentes que se graduaram em 1970 na primeira turma formada sob o regime federal de ensino. Fundamentada no aporte teórico da História Cultural analisamos aspectos relacionados ao envolvimento político dos alunos nesse processo bem como aspectos relacionados a estrutura e funcionamento da Escola como um todo. Para tanto, recorremos a História Oral entrevistando discentes e docentes do período bem como analisamos fontes de diversa natureza tais como documentos, atas de reuniões, livros, reportagens de jornal, fotografia entre outras. Da análise realizada apreendemos que esta turma vivenciou a federalização de modo muito peculiar: por dentro do processo, mas, em certa medida, muito afastada dele.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvana Vilodre Goellner, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Licenciada em Educação Física . Mestre em Ciências do Movimento Humano. Doutora em Educação. Professora na graduação e pós-graduação do Curso de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Coordenadora do Centro de Memória do Esporte da ESEF/UFRGS (CEME) e do Grupo de Estudos sobre Cultura e Corpo. (GRECCO). Porto Alegre, RS, Brasil.

Johanna Coelho von Mühlen, ESEF/UFRGS

Graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004). Especialização em Pedagogias do Corpo e da Saúde. Mestre pelo PPG em Ciências do Movimento Humano na mesma instituição. Atualmente é aluna de doutorado do mesmo programa, membro do GRECCO (Grupo de Estudos sobre Cultura e Corpo) e do CEME (Centro e Memória do Esporte).

 

André dos Santos Silva, ESEF/UFRGS

Doutorando em Ciencias do Movimento Humano na UFRGS, docente dos cursos de Educação Física e Pedagogia na Universidade FEEVALE

Luciane Silveira Soares, Endereço: Rua João Maia, 26, bairro: Nonoai - cep: 90830-310, Porto Alegre/RS

Bacharel em Bilbioteconomia; Especialista em Arte, Corpo e Educação; Mestranda do PPGCMH/ESEF/UFRGS.

Marco Antônio Avila de Carvalho, ESEFID/UFRGS

Graduado em Educação Física pela Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; - Tem experiência na área de Esporte & Lazer e controle de qualidade de serviços: - Atua na coordenação e desenvolvimento de atividades esportivas, recreativas e culturais com crianças, jovens e adultos em resorts, cruzeiros e clubes; - Desenvolve o controle de indicadores internos e externos de qualidade; - Gerenciamento e coordenação de equipe com realização de treinamentos, oficinas esportivas e recreativas e eventos com foco em qualidade na prestação de serviço.

Publicado

2011-02-07

Como Citar

GOELLNER, S. V.; MÜHLEN, J. C. von; SILVA, A. dos S.; SOARES, L. S.; CARVALHO, M. A. A. de. ESEF 70 ANOS: O PROCESSO DE FEDERALIZAÇãO SOB O OLHAR DISCENTE. Movimento, [S. l.], v. 16, n. 5, p. 11–36, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.18215. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/18215. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais