PRÁTICAS CORPORAIS E GRANDE SAÚDE: UM ENCONTRO POSSÍVEL

Autores

  • Flávio Soares Alves USP
  • Yara Maria de Carvalho USP

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.13280

Palavras-chave:

práticas corporais, cuidado, Grande Saúde, promoção da saúde,

Resumo

Atividade física produz saúde. Ao admitir a precoce veracidade que a afirmação suscita, a desconstruímos na dimensão ideológica para recolocar os propósitos da atividade física no âmbito da saúde. Para sustentar este deslocamento, buscamos respaldo no conceito de Grande Saúde forjado na filosofia de Nietzsche e deste âmbito lançamos considerações sobre as práticas corporais, para discutirmos o cuidado a partir de imperativos fisiológicos, preocupados com as necessidades vitais do corpo. Tais possibilidades só emergem quando se potencializa o encontro do sujeito consigo e com o outro – tal como operado no contexto das práticas corporais. É a qualidade deste encontro que permite experimentar a Grande Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Soares Alves, USP

Graduado em Educação Física - Licenciatura Plena - pela Unesp - Rio Claro (2001); Mestre em Artes pela Unicamp - Instituto de Artes (2006); Doutor em Ciências pela Escola de Educação Física e Esporte da USP (2011). É membro pesquisador dos grupos de pesquisa "Educação Física, Saúde Coletiva e Filosofia" (EEFE- USP), liderado pela profa. Dra. Yara Maria de Carvalho e do grupo "Tecnologias e Processos de subjetivação" (Depto. Educação - Unesp de Rio Claro), liderado pelo prof. Dr. Romualdo Dias. Pesquisa a aprendizagem do corpo, o cuidado de si e a arte do viver na capoeira. Atuou como professor bolsista na disciplina de "Motricidade e Linguagem Corporal" no Depto. Educação Física - Faculdade de Ciências - Unesp Bauru (2o. semestre de 2011). Foi professor substituto concursado na disciplina de graduação "Educação Corporal II" no Depto. de Educação Física da Unesp de Bauru (1o. semestre de 2011). Também atuou como professor substituto concursado na disciplina de "Ginástica Artística" no curso de graduação em Educação Física da Unesp de Rio Claro (1o. semestre de 2009). É professor do curso de graduação em Educação Física das Faculdades Integradas de Botucatu - Unifac - desde 2007 e professor de curso de graduação em Educação Física da Uniesp - Faculdade de São Paulo - Centro Novo. Atua na área de Educação física, com ênfase em Práticas Corporais, Dança e Ginástica. A partir destes focos de trabalho movimenta suas investigações no espaço acadêmico, tendo como referencial teórico-conceitual e metodológico a filosofia, as artes e as ciências humanas.

Yara Maria de Carvalho, USP

Possui licenciatura e bacharelado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (1989/1990), especialização em Saúde Pública pela Universidade Estadual de Campinas (1990), mestrado em Ciências do Esporte pela Universidade Estadual de Campinas (1993), doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (1999), pós-doutorado em Ciências Humanas e Saúde pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2003) e pós-doutorado em Antropologia da Comunicação Visual pela Università La Sapienza di Roma, Itália (2004). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo, coordena o Grupo de Pesquisa Educação Física e Saúde Coletiva e desenvolve parceria com o Centro de Saúde Escola Samuel Barnsley Pessoa-Butantan. As práticas corporais na contemporaneidade, a relação atividade física e saúde, o cuidado com o corpo e a promoção da saúde são os temas de investigação que têm sido priorizados tendo como referência teórico-conceitual e metodológica as ciências humanas e sociais.

Downloads

Publicado

2010-07-25

Como Citar

ALVES, F. S.; CARVALHO, Y. M. de. PRÁTICAS CORPORAIS E GRANDE SAÚDE: UM ENCONTRO POSSÍVEL. Movimento, [S. l.], v. 16, n. 4, p. 229–244, 2010. DOI: 10.22456/1982-8918.13280. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/13280. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Ensaios