A DIMENSÃO GEOPOLÍTICA DO FRACASSADO PROJETO DA SUPERLIGA EUROPEIA DE FUTEBOL

UM ENSAIO SOBRE ECONOMIA, POLÍTICA E ESPORTE NO SÉCULO XXI

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.120308

Palavras-chave:

Futebol (DECS 13298), Politica Internacional (DECS 36441), Economia (DECS 4535)

Resumo

O principal objetivo desta pesquisa é analisar e compreender as causas do fracasso do projeto da Superliga europeia de futebol, promovida por doze equipes da Premier League (EPL), LaLiga e Série A em abril de 2021. Nesse sentido, após revisar os antecedentes do fenômeno, e focando o estudo em um campo interdisciplinar como a geopolítica do futebol, os autores questionam se, além do clamor popular contra uma competição semifechada, foi a combinação dos interesses geopolíticos dos diversos atores que impediu o projeto de avançar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carles Viñas Gracia, Universitat de Barcelona

Profesor lector Serra Húnter, Departamento de Historia y arqueología, sección Historia contemporánea y mundo actual

Xavier Ginesta Portet, Universitat de Vic

Profesor titular de la Universitat de Vic-Universitat Central de Catalunya

Downloads

Publicado

2022-03-20

Como Citar

VIÑAS GRACIA, C.; GINESTA PORTET, X. A DIMENSÃO GEOPOLÍTICA DO FRACASSADO PROJETO DA SUPERLIGA EUROPEIA DE FUTEBOL: UM ENSAIO SOBRE ECONOMIA, POLÍTICA E ESPORTE NO SÉCULO XXI. Movimento, [S. l.], v. 28, p. e28013, 2022. DOI: 10.22456/1982-8918.120308. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/120308. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Ensaios