O DESPORTO INADEQUADO À NATUREZA FEMININA

PRELÚDIOS DO FUTEBOL FEMININO NO PARANÁ (1934–1951)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.118240

Palavras-chave:

História do século XX. Futebol. Mulheres.

Resumo

Quando comparamos temporalmente os marcos no desenvolvimento do futebol feminino e do masculino, podemos notar diferenças com origens para além dos gramados. Na tentativa de compreender melhor o fenômeno do futebol feminino, este artigo descreve e analisa a sua trajetória no Paraná até 1951. Para isso, foram utilizados alguns periódicos da hemeroteca digital brasileira e quatro telegramas encontrados no Arquivo Público do Paraná acerca de um pedido de autorização para realização de uma partida de futebol feminino em Curitiba. Após analisar as fontes, constatou-se que o futebol de mulheres esteve ligado a práticas artísticas a partir de 1934, e que seu ineditismo como esporte no Paraná aconteceu em 1951 no estádio Durival de Britto e Silva com as equipes gaúchas Amazonas e Tiradentes, em um contexto de imposições, contradições e desobediências civis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-02-05

Como Citar

DA SILVA, J. C. C.; CAPRARO, A. M. O DESPORTO INADEQUADO À NATUREZA FEMININA: PRELÚDIOS DO FUTEBOL FEMININO NO PARANÁ (1934–1951). Movimento, [S. l.], v. 28, p. e28007, 2022. DOI: 10.22456/1982-8918.118240. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/118240. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais