MEMÓRIAS DA PRÁTICA ESPORTIVA EXTRACURRICULAR EM ESCOLAS PRIVADAS DO PARANÁ (1980-1990)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.103945

Palavras-chave:

História. Esportes. Entrevista. Educação Física.

Resumo

O objetivo deste trabalho é compreender os aspectos que convergiram para o enfraquecimento do esporte extracurricular em escolas particulares do estado do Paraná, nas décadas de 1980 e 1990. A metodologia utilizada foi a da História Oral. Para tanto, foram realizadas seis entrevistas com atletas, técnicos e/ou gestores do esporte escolar paranaense da época. Foi possível identificar que o esporte era utilizado como ferramenta de marketing institucional; as escolas deixaram de investir no esporte por distintos motivos; a escola foi ofuscada na medida em que os estudantes/atletas passam a participar de seleções municipais e estaduais; a situação financeira nacional forçou uma reestruturação dos investimentos; o esporte passou a ser uma possibilidade de arrecadação de investimentos financeiros; houve uma mudança de comportamento dos jovens; a crítica ao ensino de esportes na Educação Física durante a década de 1990 teve influência nesse processo de enfraquecimento.

 

 


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pauline Iglesias Vargas, Universidade Federal do Paraná. Universidade Positivo. Curitiba, PR

Doutoranda em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná, Mestre em Educação Física pela mesma instituição, linha de pesquisa Esporte, Lazer e Sociedade. Participante do Projeto de Pesquisa "Que tempo bom: naquela época...: perscrutando as memórias e as narrativas do esporte" da UFPR. Bolsista do Programa Inteligência Esportiva da mesma instituição. Possui Pós-Graduação em Ginástica Rítmica pela Universidade do Norte do Paraná (2008) e em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (2004). É licenciada em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (2003). Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Ginástica. Atuou na coordenação de esportes e cultura do Colégio Positivo. Atualmente é professora de ensino superior da Universidade Positivo nas disciplinas de Atividades Ginásticas e Educação Física Adaptada na modalidade Presencial e Semipresencial.

Janice Zarpellon Mazo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, RS

Professora da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança (ESEFID) e do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano (PPGCMH), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Pós-doutorado em História. Doutorado em Ciências do Desporto/Universidade do Porto. Mestrado em Ciência do Movimento Humano/UFSM. Especialização em Técnica Desportiva Voleibol e Especialização em Pesquisa Curricular. Licenciatura em Educação Física. Idealizadora e coordenadora do Centro de Memória do Esporte (CEME) da ESEFID/UFRGS, no período de 1996 a 2000 e a partir de maio de 2019. Idealizadora e coordenadora do Observatório do Esporte Paralímpico. Líder do grupo de pesquisa "Núcleo de Estudos em História e Memória do Esporte e da Educação Física" (NEHME). Foi tutora do Programa de Educação Tutorial (PET) da Educação Física, coordenadora do PPGCMH, dentre outras funções. Desenvolve atividades com os seguintes temas: história do esporte e da educação física; memória esportiva; esporte para pessoas com deficiência e esportes para surdos. Foi jogadora de voleibol máster no período de 1996 a 2011. É atleta amadora de corridas de rua e aprendiz de tênis.

Tuany Defaveri Begossi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, RS

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano (PPGCMH), na linha de pesquisa Representações Sociais do Movimento Humano, da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança (ESEFID), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestra em Ciências do Movimento Humano pelo PPGCMH/ESEFID/UFRGS (2017). Bacharela em Educação Física pela ESEFID/UFRGS (2015). Licenciada em Educação Física pela ESEFID/UFRGS (2013). Membro do Núcleo de Estudos em História do Esporte e da Educação Física (NEHME/UFRGS). Integrante do Observatório do Esporte Paralímpico (ESEFID/UFRGS). Integrante do Centro de Memória do Esporte (CEME/ESEFID/UFRGS). Associada ao Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE). Atua, principalmente, com os seguintes temas: Estudos históricos e socioculturais das Práticas Corporais, do Esporte, da Educação Física e do Lazer, Esporte Paralímpico e Adaptado, Educação Física Especial, Educação Física Escolar, Metodologias do ensino da Educação Física, Introdução à Profissão em Educação Física e Formação de professores(as) de Educação Física.

André Mendes Capraro, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, PR

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (1997), graduação em Psicologia pela Universidade Tuiuti do Paraná (1999), mestrado em História pela Universidade Federal do Paraná (2002) e doutorado em História pela Universidade Federal do Paraná (2007). Cursou o estágio pós-doutoral na Università Ca Foscari di Venezia (2012-2013). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Paraná. Também é professor permanente do programa de Pós Graduação (mestrado/doutorado) em Educação Física; parecerista de revistas científicas nas áreas de Educação Física, História e Ciências Humanas; integrante do Instituto de Pesquisa Inteligência Esportiva (parceria entre Ministério da Cidadania e UFPR); avaliador institucional e de cursos de graduação (INEP); e membro da International Sociology of Sport Association (ISSA) e da Società Italiana di Storia dello Sport (SISS). Tem experiência na área de Educação Física e História, com ênfase na confluência entre Humanidades e esporte. Pesquisa atualmente os seguintes temas: literatura esportiva, história das lutas, artes marciais e esportes de combate (com ênfase no MIxed Martial Arts - MMA), história do futebol, o conceito de esporte, memória esportiva (História Oral) e a turismo esportivo.

Downloads

Publicado

2020-09-19

Como Citar

VARGAS, P. I.; MAZO, J. Z.; BEGOSSI, T. D.; CAPRARO, A. M. MEMÓRIAS DA PRÁTICA ESPORTIVA EXTRACURRICULAR EM ESCOLAS PRIVADAS DO PARANÁ (1980-1990). Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26069, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.103945. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/103945. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais