NA SUA PRÓPRIA VOZ: A EXPERIÊNCIA FÍSICA E ESPORTIVA DE DUAS PESSOAS COM SÍNDROME DE ASPERGER

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.103004

Palavras-chave:

Síndrome de Asperger. Educação Física e Treinamento. Resiliência psicológica. Biografías como assunto.

Resumo

O presente trabalho mostra alguns dos resultados derivados do estudo de investigação realizado na tese de doutorado “Pedagogía de la Posibilidad. Estudio narrativo sobre el proceso educativo y resiliente de dos personas diagnosticadas de Síndrome de Asperger”.  A partir do enfoque da investigação biográfica narrativa e das análises dos relatos de vida de Isabel e Emmit, abordamos suas respectivas experiências desportivas intra e extraescolares. O objetivo deste trabalho é analisar as potencialidades e debilidades destas práticas como veículos de socialização. Suas narrativas nos transportam a cenários escolares em que a Educação Física tem estado limitada a certos esportes de equipe e a atividades desportivas que não estão adaptadas a suas necessidades motoras e/ou hipersensoriais, e a atividades desportivas extraescolares que em certa medida têm potencializado o desenvolvimento de um processo resiliente. Seus relatos mostram cenários desportivos que por limitações formativas ou desinteresse dos professores não estão adaptados as suas necessidades pessoais e sociais.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Blas González Alba, Universidad de Málaga

Doctor en Ciencias de la Educación por la Universidad de Málaga, miembro del grupo de investigación HUM-619 de la Junta de Andalucía en el departamento de Didácica y Organización escolar de la Universidad de Málaga. 

Esther Prados Megías, Universidad de Almería

Profesor Titular de la Universidad de Almería en el departamento de Didáctica de la Expresión Corporal. 

Publicado

2021-02-18

Como Citar

GONZÁLEZ ALBA, B.; PRADOS MEGÍAS, E. NA SUA PRÓPRIA VOZ: A EXPERIÊNCIA FÍSICA E ESPORTIVA DE DUAS PESSOAS COM SÍNDROME DE ASPERGER. Movimento, [S. l.], v. 27, p. e27015, 2021. DOI: 10.22456/1982-8918.103004. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/103004. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais