Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Movimento (ESEFID/UFRGS)?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

1 ACESSO LIVRE, ESCOPO, SEÇÕES E COMPROMISSOS COM A CIÊNCIA ABERTA

Antes de submeter um trabalho para a revista Movimento é de grande relevância que a autoria observe as informações/delimitações do escopo e das seções do periódico.

1.1 Periódico de acesso livre

A revista Movimento oferece acesso livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. Tal acesso está associado a um crescimento da leitura e citação dos trabalhos dos(as) autores(as). Para maiores informações sobre esta abordagem, visite o Public Knowledge Project, que desenvolveu este sistema para melhorar a qualidade acadêmica e pública da pesquisa e que distribui o Open Journal Systems (OJS), assim como outros softwares de apoio ao sistema de publicação de acesso público a fontes acadêmicas.

1.2 Escopo

A revista Movimento é uma publicação de acesso aberto da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul que tem por objetivo divulgar a produção científica nacional e internacional, sobre temas relacionados à Educação Física, no que tange aos seus aspectos pedagógicos, históricos, políticos e culturais.

Nessa perspectiva, o periódico recebe, avalia e publica manuscritos que problematizem os fenômenos e os temas investigados, tendo como fundamentos teóricos, metodológicos, analíticos e interpretativos aqueles oriundos das Ciências Humanas e Sociais.

O periódico aceita manuscritos originais nos idiomas português, espanhol, inglês e francês.

1.3 Seções

A revista Movimento é composta pelas seguintes seções:

Em Foco: seção dedicada à mobilização de debates em torno de temas internacionalmente relevantes induzidos pela Comissão Editorial ou formalmente propostos por pesquisadores(as) consolidados(as) na área. Uma vez definida/aprovada a proposta de seção, o(a) editor(a) convidado(a) será designado(a) como responsável pela organização do processo de avaliação dos manuscritos de acordo com os critérios e os regramentos estabelecidos pela revista Movimento. Cada seção terá, no máximo, 8 manuscritos de autores(a)s vinculados(as) majoritariamente a instituições estrangeiras. Os textos deverão ser publicados em inglês e, simultaneamente, em português ou em um dos outros dois idiomas aceitos pela Movimento: espanhol e francês.

Temas polêmicos: seção pela qual a revista Movimento se propõe a manter um diálogo constante com a comunidade científica na qual está integrada, oportunizando a atualização de debates do momento e induzindo reflexões afetas à sua área de conhecimento específica. A Comissão Editorial se reserva o direito de convidar autores(as) para publicarem nessa seção, assim como se propõe a estimular a participação de outros(as) que, porventura, queiram adentrar nos debates. Assim como na seção Em Foco, esses artigos passarão pelo crivo da própria Comissão Editorial.

Artigos originais: trabalhos resultantes de pesquisa científica apresentando dados originais e achados que tenham relação com aspectos experimentais e/ou observacionais de característica filosófica, histórica, sociocultural e pedagógica, que inclua análise descritiva e/ou inferências sustentadas em dados próprios. Sua estrutura deve atender a um formato reconhecido na área de conhecimento específica (Educação Física na interface com as Ciências Humanas e Sociais) e deve conter seções e subseções que guardem relação com os seguintes itens: Introdução; Bases Teóricas; Decisões Metodológicas; Análise; Discussão; Conclusão.

Ensaios: seção destinada a artigos de revisão e/ou reflexão teórico-conceitual sobre um determinado tema escritos a partir da experiência autoral do(a) ensaísta. Os textos devem problematizar as compreensões já consolidadas no campo científico e apontar interpretações ainda não vislumbradas, sem necessariamente recorrer à revisão de literatura ou à produção de empiria.

Observação: As seções “Em Foco” e “Temas Polêmicos” terão sua publicação conforme decisão da Comissão Editorial.

1.4 Compromissos com a Ciência Aberta

A revista Movimento manifesta seu alinhamento com o modus operandi da ciência aberta que está expresso em três pilares:

- na atualização das políticas editoriais realizadas em 2020 constantes nesta seção de Instruções aos/às Autores/as; 

- nos processos de gestão de manuscritos com a introdução da seção "Notas Editoriais" ao final de cada artigo, informando e detalhando o tipo de Licença de Uso (Creative Commons), a declaração de não haver Conflito de Interesses, a Contribuição de cada autor/a no artigo, o financiamento recebido ou não, a existência e descrição de parâmetros adotados na questão de ética na pesquisa, a responsabilidade editorial especificando os/as editores/as envolvidos no fluxo editorial de cada artigo;

- na disseminação e no marketing: divulgação da produção e atividades da revista Movimento nas redes sociais já instituídas e em pleno funcionamento no Instagram, Facebook e Twitter, com o objetivo de interagir com a comunidade acadêmica e, principalmente, não acadêmica.

A adoção de demais práticas da ciência aberta (preprints, abertura de pareceres, e de dados brutos de pesquisa) está no horizonte e será tratado pelo Comitê Editorial e em sintonia com demais periódicos da área de Educação Física.

 

2 TRAVAS E LIMITES À SUBMISSÃO E PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS 

- A revista Movimento publicará, no máximo, 2 trabalhos da mesma autoria ou coautoria por ano. Portanto, antes de iniciar o processo de submissão é importante verificar essa situação entre os(as) autores(as) envolvidos(as).

- Desde 14 de abril de 2018 a revista Movimento avalia simultaneamente até 2 artigos do(a) mesmo(a) autor(a) e coautor(a). Caso esse limite seja extrapolado, a(s) nova(s) submissão(ões) será(ão) arquivada(s) sem apreciação de mérito. Assim, é importante que o(a) autor(a) que realiza a submissão confira com os(as) demais envolvidos(as) a situação de cada um(a) deles(as).

- A partir de 6 de julho de 2019 a revista Movimento não aceita submissões de manuscritos que tratem da validação de instrumentos.

- Desde 30 de junho de 2020 a revista Movimento não aceita mais submissões de manuscritos no formato de perguntas-e-respostas provenientes de entrevista com uma dada personalidade destacada da área.

 

3 ORIENTAÇÕES E DECLARAÇÕES DE RESPONSABILIDADES DA AUTORIA

Nesta seção consta um conjunto de definições e parâmetros que orienta o trabalho na revista Movimento e que deve ser observado pela autoria dos manuscritos submetidos.

3.1 Originalidade, ineditismo, exclusividade e responsabilidade

A revista Movimento publica trabalhos originais e avalia aqueles que não estejam em processo de avaliação simultaneamente em outra revista.

Caso o artigo seja um produto (desdobramento, continuação, aprofundamento) de outro produto publicado em meio impresso ou eletrônico (por exemplo, uma tese/dissertação disponível num repositório, texto publicado em anais de congresso ou um capítulo de livro), a autoria deverá indicar a referência dessa publicação para o conhecimento da editoria. Essa indicação ocorrerá no documento “Declarações e especificações da autoria”, explicitado no item 3.6 abaixo. Mesmo diante dessa informação, ao receber as submissões, antes de iniciar o processo de avaliação por pares, a Editoria da revista Movimento fará a verificação de similaridade do manuscrito em relação a outros produtos publicados.

A autoria assume a responsabilidade por opiniões/conceitos emitidos em artigos assinados e matéria transcrita. Se for o caso de utilização, na composição do manuscrito, de ilustrações cujos direitos autorais pertencem a terceiros, a autoria assume a responsabilidade pela autorização de uso.

Em caso de constatação ou de questionamentos acerca da inobservância desses aspectos, a autoria será solicitada a fornecer informações para o exame e encaminhamento da Comissão Editorial.

3.2 Licença de direitos autorais (CC BY 4.0)

A revista Movimento adota a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0) para os trabalhos aprovados e publicados. Isso significa que os/as autores/as:

- mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação; e

- têm o direito de compartilhar (copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato) e adaptar (remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial).

Mais informações em: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0

3.3 Transparência na Atividade Científica

Preocupada com parâmetros de transparência científica, a revista estabelece como procedimento obrigatório que a autoria do artigo que está sendo submetido declare a existência ou não de conflito de interesses. Mesmo julgando não haver conflito de interesses, a autoria deverá declarar essa informação.

Nesse mesmo sentido, a revista estabelece como procedimento obrigatório que a autoria aponte a(s) fonte(s) de financiamento da pesquisa, caso esta tenha recebido recursos de órgãos de fomento. Deve-se incluir informações de qualquer auxílio financeiro recebido. Por exemplo, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a partir da Portaria 206/2018, coloca como obrigatória a referência a ela, para os casos em que tenha financiado integral ou parcialmente a pesquisa. Clique aqui para acessar a referida portaria.

Por fim, também estabelece como procedimento obrigatório que a contribuição de cada um dos autores seja declarada e especificada. Para tanto, sugerimos a Taxonomia de Funções do Colaborador (Contributor Roles Taxonomy - CRediT), que traz orientações de 14 funções, que podem ser usadas para representar os papéis normalmente desempenhados pelos colaboradores da produção científica acadêmica. Essa taxonomia está disponível em: https://casrai.org/credit/

As declarações e especificações mencionadas acima serão registradas no documento “Declarações e especificações da autoria” explicitado no item 3.6 abaixo.

3.4 Integridade e ética em pesquisas com seres humanos

A revista Movimento adota como parâmetros de Integridade na Atividade Científica o Guia de Integridade em Pesquisa Científica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (disponível em: http://www.ufrgs.br/propesq1/propesq/wp-content/uploads/2020/06/guia-para-integridade-em-pesquisa-cientifica.pdf), as resoluções 466/12 e 510/2016 do Conselho Nacional de Saúde (disponíveis em: http://www.ufrgs.br/cep/resolucoes), quando se tratarem de pesquisas realizadas com seres humanos, e os princípios contidos nos Códigos de Ética do Committee on Publication Ethics (COPE, disponível em: http://www.publicationethics.org/).

Para as pesquisas realizadas em território brasileiro, a autoria deverá indicar o número registrado na Plataforma Brasil e a instituição de vínculo do CEP e, para as pesquisas realizadas em outros países, a autoria deverá indicar o registro equivalente no país de origem do artigo. Caso a pesquisa não tenha sido apreciada e aprovada em CEP, a autoria deverá declarar que todos os procedimentos éticos que constam nas referidas resoluções foram integralmente contemplados. Essa declaração será registrada no documento “Declarações e especificações da autoria”, explicitado no item 3.6 abaixo.

3.5 Taxa de custeio de manuscritos (após a habilitação na 1ª. Fase)

Em vista da diminuição significativa de fontes públicas de subvenção financeira para manutenção das suas atividades, a revista Movimento, numa perspectiva de custeio diluída entre pares, requer o pagamento obrigatório da taxa de custeio por submissão no valor de:

- R$ 200,00 para pagamento realizado dentro do Brasil; e
- US$ 100.00 para pagamento realizado fora do Brasil.

As informações referentes ao comprovante do pagamento dessa taxa serão encaminhadas à autoria somente após a fase de habilitação do manuscrito (item 6.1, fase 1), na qual se verifica o atendimento às normas e ao escopo. Se o manuscrito atender às normas e ao escopo da Movimento, a autoria receberá um comunicado com os dados para pagamento e submissão do comprovante. Assim que o comprovante for enviado, o manuscrito seguirá o fluxo editorial.  

Cabe sublinhar que a taxa é referente exclusivamente ao ato de custeio de avaliação do manuscrito, portanto, independentemente da decisão editorial em qualquer fase de avaliação, o valor pago pela autoria não será devolvido.

3.6 Declarações e especificações da autoria

Em face das definições e procedimentos apontados nas subseções acima (3.1 a 3.5), a autoria deverá, obrigatoriamente, assinar e submeter juntamente com o artigo o documento DECLARAÇÕES E ESPECIFICAÇÕES DA AUTORIA. Para fazer o download desse documento, preenchê-lo e assiná-lo, CLIQUE AQUI. É obrigatória a assinatura de todos(as) os(as) autores(as) do trabalho, podendo isso ocorrer através de assinatura digital.

Na perspectiva da integridade e transparência na atividade científica, em caso de aprovação do trabalho, as informações constantes na referida declaração (aquelas que se aplicam ao artigo submetido e avaliado) serão incorporadas na versão final do manuscrito a ser publicado, numa seção intitulada “notas editoriais”. Clique aqui para ver um exemplo dessa seção.

 

4 ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO DOS MANUSCRITOS

Nesta seção são apresentadas informações sobre elementos obrigatórios de estruturação e de formatação dos manuscritos que serão submetidos. Os trabalhos que não atenderem a essa estrutura serão devolvidos aos(às) autores(as), sem avaliação de mérito, conforme o procedimento descrito na subseção 6.1 abaixo (fase 1).

4.1 Estruturação e tamanho do manuscrito

É obrigatório o uso do TEMPLATE (arquivo padrão) para a estruturação e formatação do artigo. CLIQUE AQUI para fazer o download desse arquivo padrão.

Os artigos deverão ser redigidos em Arial 12, espaço 1,5 e não devem exceder 6.000 palavras, incluindo os títulos, resumos, palavras-chave em 3 idiomas (utilize Ferramentas; contar palavras). As referências bibliográficas não contam no tamanho do artigo. Utilizar itálico somente para palavras estrangeiras e nas expressões et al. e In:.

O título do manuscrito deve ser simples, conciso e claro. Recomenda-se evitar título com mais de 15 palavras, ponto final, vírgulas, abreviações, aspas, tons irônicos. Considerando que a revista Movimento tem uma amplitude internacional, essas estratégias podem dificultar na recuperação do artigo pelos motores de busca das bases de dados e no entendimento pelos leitores não nativos.

A critério da Comissão Editorial, os trabalhos de autores(as) convidados(as) para as seções Em Foco Temas Polêmicos poderão exceder o número de palavras indicado acima.

4.2 Composição do texto propriamente dito

Recomenda-se o uso das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) referentes à apresentação de artigos em publicações periódicas (NBR 6022/2003), referências (NBR 6023/2018), resumo (NBR 6028/2018), apresentação de citações em documentos (NBR 10520/2002) e numeração progressiva das seções de um documento (6024/2003), bem como a norma de apresentação tabular do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

4.2.1 Ilustrações (fotografias, desenhos, gráficos, etc.).

As ilustrações devem ser inseridas no corpo do texto, numeradas consecutivamente em algarismos arábicos e citadas como FIGURA, com título na parte superior e fonte na parte inferior, conforme exemplos disponíveis no TEMPLATE. As ilustrações devem permitir uma perfeita reprodução e devem atender ao padrão do artigo no quesito fonte e tamanho da fonte. As ilustrações devem estar com resolução entre 200 e 300 dpi.

As ilustrações cujos direitos autorais pertençam a terceiros, para integrar o manuscrito submetido, devem ser expressamente autorizadas por estes, obedecendo aos dispositivos da Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. A autoria deve estar ciente das sanções previstas nessa lei em caso de violações.

Além de constarem no corpo do texto, as ilustrações, especificamente as fotografias e desenhos gráficos, devem ser enviados no processo de submissão como DOCUMENTO SUPLEMENTAR.

4.2.2 Tabelas e quadros

As tabelas e quadros devem constar no corpo do texto, ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos e encabeçadas por seu título e devem atender ao padrão do artigo no quesito fonte e tamanho da fonte, conforme exemplos disponíveis no TEMPLATEDevem se restringir ao mínimo necessário e deve ser citada a fonte. Na edição final do artigo os(as) revisores(as) poderão aconselhar alterações na quantidade e tamanho das tabelas a fim de se manter o padrão da revista. As tabelas e quadros não podem ser inseridos no formato de imagem em hipótese nenhuma, pois o seu conteúdo faz parte da contagem de palavras.

4.3 Referências 

As referências são os documentos citados no texto conforme a NBR 6023/2018. Ao final do manuscrito deve constar a lista de referências ordenada alfabeticamente, alinhada à margem esquerda e colocada ao final do artigo, citando as fontes utilizadas, sob o título REFERÊNCIAS, este alinhado ao centro. A autoria deve apresentar sobrenome e prenome completo. Para melhor compreensão e visualização, CLIQUE AQUI PARA ACESSAR ORIENTAÇÕES E EXEMPLOS DE REFERÊNCIAS de diversos tipos de materiais

4.4 Ausência de identificação da autoria

Na composição do texto/arquivo para submissão, a autoria deve suprimir todas as informações que possibilitem a sua identificação, questão essa fundamental para preservar o seu anonimato e, assim, assegurar o procedimento de avaliação cega. Nesse sentido, orientamos para que:

1. o texto submetido não contenha elementos que identifiquem a autoria (por exemplo: o título de um projeto, de uma pesquisa, de uma instituição, de um grupo de estudo/pesquisa ou laboratório, número do registro do parecer do Comitê de Ética ou referência bibliográfica).

2. o arquivo não contenha dados de membros da autoria nas suas propriedades. No caso da utilização do software Microsoft Word, apresentamos um tutorial para suprimir tais informações. Clique aqui para acessar esse tutorial de limpeza dos metadados nas propriedades do arquivo.

 

5 SUBMISSÃO DO TRABALHO NA PLATAFORMA ELETRÔNICA

Os artigos devem ser enviados exclusivamente em formato digital através da plataforma eletrônica disponível no seguinte endereço: http://seer.ufrgs.br/Movimento/user. Essa submissão deverá ser feita por um(a) dos(as) autores(as) do manuscrito, o que ocorrerá através de 5 passos:

5.1 Passo 1: Indicar seção, idioma, aceitar condições, assinar declaração de direitos autorais

O início do processo da submissão ocorrerá pela indicação e registro da seção (“artigos originais” ou “ensaios” para o fluxo contínuo e aberto) e do idioma da submissão (podendo ser “português”, “inglês”, “espanhol” ou “francês”).

Na sequência, o(a) autor(a) que faz o cadastro da submissão, em nome dos(das) demais colaboradores(as) (se for o caso), deverá afirmar a conformidade da submissão em relação aos itens abaixo.

1. O texto está adequado ao escopo da revista Movimento (ESEFID/UFRGS), isto é, aborda temas relacionados à Educação Física, no que tange aos seus aspectos pedagógicos, históricos, políticos e culturais; problematiza o fenômeno e o tema investigado tendo como fundamentos teóricos, metodológicos, analíticos e interpretativos aqueles oriundos das Ciências Humanas e Sociais.

2. A presente submissão não fere nenhuma das 4 delimitações previstas na seção 2 das diretrizes: 1. no máximo, dois trabalhos da mesma autoria ou coautoria por ano; 2. avalia simultaneamente até 2 artigos do mesmo autor/coautor; 3. não aceita submissões de manuscritos que tratem da validação de instrumentos; e 4. não aceita submissões de manuscritos baseados no formato de entrevista.

3. Todos os(as) autores(as) envolvidos(as) assinaram o documento DECLARAÇÕES E ESPECIFICAÇÕES DE AUTORIA, no qual constam registros formais de acordos, de especificações, de direitos e de responsabilidades relativas à produção e à publicação do manuscrito.

4. A estruturação e a formatação do texto que está sendo submetido foram realizadas a partir do TEMPLATE DISPONÍVEL e consideram os elementos obrigatórios descritos nas normas no que diz respeito à composição do texto, à apresentação das referências e à inserção de ilustrações, tabelas e quadros (se for o caso).

5. Na composição do manuscrito que está sendo submetido, a autoria teve o cuidado de suprimir todas as informações que possibilitem a sua identificação, questão essa fundamental para preservar o seu anonimato e, assim, assegurar o procedimento de avaliação cega. Esse cuidado foi tomado tanto em relação “ao texto” como às “propriedades do arquivo”.

6. A autoria está ciente de que uma vez atendidos todos os itens anteriores, o manuscrito estará habilitado para a fase 2 (avaliação de mérito científico pelos pares), quando então lhe será solicitado o comprovante de pagamento da taxa de custeio. Essa taxa é referente exclusivamente ao processo de avaliação, e o valor pago pela autoria, independentemente do resultado final, não será devolvido.

Após essas condições, em nome dos(as) demais colaboradores(as) (se for o caso), o(a) autor(a) que faz o cadastro deverá registrar/reafirmar sua concordância numa declaração de direitos autorais, o que ocorrerá em face da adoção da licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0).

Por fim, o autor que realiza a submissão tem acesso a dados da política de privacidade e poderá, caso entenda necessário, apresentar comentários ao(à) editor(a) que coordenará/conduzirá o processo avaliativo.

5.2 Passo 2: Transferência do manuscrito

O segundo passo da submissão envolve a transferência (upload) do arquivo que será avaliado por pares (aquele que atenda ao conjunto de elementos descritos nas seções anteriores destas diretrizes e não contenha elementos de identificação da autoria).

5.3 Passo 3: Inclusão de metadados

No terceiro passo da submissão, o(a) autor(a) que realiza o cadastro deverá registrar um conjunto de metadados que identificam a autoria e o manuscrito.

O primeiro campo que deverá selecionar é o IDIOMA DO FORMULÁRIO. Como as informações do artigo (título, resumo e palavras-chave) devem ser registradas em 3 idiomas, o(a) autor(a) que registra os dados deve fazer o procedimento 3 vezes, conforme consta no tutorial disponível aqui.

Na sequência devem ser registrados os dados de todos(as) os(as) autores(as), levando em consideração as seguintes orientações:

Não preencher o campo de “Pronome de tratamento” (deixar em branco);

- Os campos “Nome”, “Nome do meio” e “Sobrenome” devem ser preenchidos por extenso apenas com a letra inicial maiúscula;

- No campo “E-mail” inserir um endereço atualizado e conferir os caracteres registrados;

- No “ORCID iD” inserir o endereço gerado pela plataforma ORCID, disponível no endereço: https://orcid.org/my-orcid. O preenchimento desse campo é obrigatório. Portanto, todos(as) os(as) autores(as) que serão incluídos(as) devem realizar registros na referida plataforma e, a partir disso, terem seus IDs (links) para o preenchimento do campo.

- O campo “Instituição/Afiliação” deve ser preenchido na seguinte ordem: Nome da Universidade, Nome da unidade/departamento da instituição, Cidade, Estado. [Exemplo: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança (ESEFID), Porto Alegre, RS]. Não colocar ponto final depois do dado sobre o Estado, nem o país. Esse campo é considerado obrigatório.

- Selecionar e registrar o “País” do autor. Campo também considerado obrigatório.

- Preencher o campo “Resumo da Biografia” com dados da trajetória acadêmica e profissional do(a) autor(a).

Esses itens acima devem ser considerados (especialmente aqueles indicados como obrigatórios) para todos(as) os(as) autores(as). Para incluir um(a) novo(a) autor(a), clique no botão INCLUIR AUTOR.

Realizado o registro de todos(as) os(as) autores(as), deve-se passar à inserção dos metadados do trabalho que está sendo submetido. Os dados são:

- Título do trabalho em CAIXA ALTA.

- Resumo informativo com até 150 palavras.

- Palavras-chave constituídas de até 4 termos que identifiquem o assunto do artigo, separadas por ponto. Para isso, recomenda-se utilizar os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS). Disponível em: http://decs.bvs.br/.

- Dados de apoio de “Contribuidores e Agências de fomento”, isto é, de pessoas ou organizações que contribuíram para o conteúdo ou ofereceram apoio financeiro para o trabalho.

5.4 Passo 4: Transferência de documentos suplementares

Na fase de inserção de documentos suplementares, o(a) autor(a) que realiza o cadastro deve inserir (fazer o upload) os seguintes arquivos:

- documento DECLARAÇÕES E ESPECIFICAÇÕES DA AUTORIA devidamente preenchido e assinado por todos(as) os(as) autores(as) do manuscrito. Clique aqui para fazer o download do documento a ser preenchido e assinado.

- Caso a composição do manuscrito envolva a presença de ilustrações (fotografias, gráficos de imagens, esquemas ou outras ilustrações), além de constarem no arquivo do texto (este inserido no passo 2), devem ser anexadas, individualmente, como documentos suplementares (neste 4º passo). Isso deve ser realizado em formato aberto, ou seja, o arquivo original no sistema em que ele foi criado; não fechado em imagem, para que a diagramação possa fazer as adequações de fonte.

5.5 Passo 5: Confirmação

Essa é uma etapa de verificação dos arquivos que foram anexados. O sistema apresenta uma lista dos arquivos inseridos nas etapas anteriores. Observando que as informações estão corretas, o(a) autor(a) que realiza a submissão deve clicar no botão CONCLUIR SUBMISSÃO. Um e-mail de confirmação será enviado para o(a) autor(a) e outro para a Comissão Editorial da revista Movimento, alertando para a nova submissão.

Após realizada essa operação, a autoria pode acompanhar a situação da submissão acessando o sistema com o papel de “Autor”.

5.6 Tutorial e contato para sanar dúvidas

Qualquer dúvida, entrar em contato através do e-mail: editoriaexecutivamovimento@ufrgs.br.

 

6 PROCEDIMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PUBLICAÇÃO DOS TRABALHOS SUBMETIDOS

Serão selecionados para publicação na revista Movimento aqueles trabalhos que, diante do processo avaliativo descrito abaixo, manifestarem qualidade e relevância em nível consoante ao do periódico.

6.1 Processo avaliativo

O processo avaliativo dos trabalhos submetidos à revista Movimento compreende 3 fases:

Fase 1 – Avaliação da submissão (habilitação)

Ao observar a submissão de um trabalho a Comissão Editorial desenvolve uma primeira fase de apreciação do manuscrito, o que envolve verificar:

- se o(a) mesmo(a) autor(a) e coautor(a) não tem até 2 artigos em avaliação. Caso esse limite seja extrapolado, a(s) nova(s) submissão(ões) será(ão) arquivada(s) sem apreciação de mérito.

- se o trabalho não trata de validação de instrumentos ou está baseado em formato de entrevistas, pois a revista não está aceitando esses manuscritos.

- se há correspondência da proposta de publicação com o escopo do periódico, cujas informações estão disponíveis na seção "FOCO E ESCOPO". A Comissão Editorial se reserva o direito de decidir sobre o enquadramento ou não do trabalho no escopo do periódico.

- se elementos obrigatórios da estruturação e da formatação estão atendidos, tendo em vista as orientações disponíveis na seção 4 destas diretrizes e no arquivo de TEMPLATE.

- a ausência de elementos que identifiquem a autoria, seja no texto ou nas propriedades do arquivo, conforme orientações num tutorial que pode ser acessado clicando aqui.

- se foi realizado o envio, como documento suplementar, das DECLARAÇÕES E ESPECIFICAÇÕES DA AUTORIA, cujo arquivo-modelo pode ser baixado clicando aqui. A declaração deve ser assinada por todos(as) os(as) autores(as).

- se foi realizado o envio, como documento suplementar, das ilustrações (fotografias, gráficos de imagens, esquemas ou outras ilustrações) que constam no texto do artigo.

Caso sejam observados problemas quanto a esses itens, os(as) autores(as) serão informados(as) sobre a impossibilidade de continuidade da avaliação. Nesse momento a Editoria Executiva solicitará os ajustes ou complementos necessários, estipulando um prazo para entrega.

Fase 2 – Avaliação pelos pares (mérito científico):

A submissão que passa pela fase 1 estará habilitada e apta a seguir no processo avaliativo. Nesse processo, as etapas são as seguintes:

- Checagem do envio (como documento suplementar) do comprovante de pagamento da taxa de custeio (mais informações estão disponíveis mais abaixo, no item 6 “Condições para submissão”). Os autores receberão uma mensagem da Comissão Editorial informando que o processo seguirá para a fase de avaliação e que DEVERÃO ANEXAR O COMPROVANTE DE PAGAMENTO como DOCUMENTO SUPLEMENTAR. Submissões que não incluírem o comprovante de pagamento no prazo de 10 dias serão arquivadas.

- Designação de um(a) editor(a) de seção que assume, em conjunto com a Comissão Editorial, a responsabilidade de coordenação do fluxo de avaliação.

- Verificação da similaridade do manuscrito submetido com outros produtos publicados e disponíveis, fazendo isso através de softwares antiplágio.

- Designação de, no mínimo, 2 avaliadores(as) (peer review) para emitirem pareceres, solicitando-lhes que respondam no prazo máximo de 3 semanas.

- Revisão dos manuscritos pelos(os) avaliadores(as) designados, que deverão considerar os 6 aspectos balizadores pontuados abaixo:

1. Originalidade/ineditismo/pertinência: se o tema e os propósitos do trabalho abordam questões relevantes para a área de estudo, com ineditismo e pertinência. Se contextualiza uma lacuna de conhecimentos e produz resultados que representam avanços. Se contribui para novas reflexões ou questionamentos na área.

2. Coerência: se o trabalho apresenta uma argumentação lógica, concatenada com o referencial teórico-metodológico adotado. Se apresenta claramente os objetivos e desenvolve esforços coerentes no sentido de atingi-los. Se chega a conclusões condizentes com o processo argumentativo e com os propósitos.

3. Consistência: se o manuscrito denota capacidade de convencimento em nível equivalente às produções já existentes sobre o tema. Se os enunciados são suficientemente fundamentados a ponto de confrontar argumentações contrárias e se sustentarem.

4. Objetivação/força de convencimento: se o trabalho consegue apreender elementos constitutivos do fenômeno estudado. Se as análises trazidas são suficientes para captar, apresentar e convencer sobre a verossimilhança dos resultados a respeito do fenômeno.

5. Registro linguístico e normas técnicas: se o registro textual demonstra domínio da língua escrita formal. Se as determinações de normas técnicas adotadas pela revista estão contempladas.

6. Ética de pesquisa e publicação: se a pesquisa segue os padrões consensuais de ética de pesquisa nas investigações em interface com as Ciências Sociais e Humanas. Se a publicação atende às diretrizes básicas para a integridade na atividade científica.

- Diante dos pareceres emitidos, em caso de divergências, imprecisões ou incompletudes, os(as) editores(as) de seção podem designar outros(as) avaliadores(as) com o intuito de reunir mais informações sobre o trabalho, tendo em vista os aspectos norteadores adotados. Esses(as) novos(as) colaboradores(as) também terão o prazo de 3 semanas para se manifestarem. Com base nas recomendações e pareceres dos(as) avaliadores(as) envolvidos(as), o(a) editor(a) responsável apresenta uma proposta de decisão à Comissão Editorial, que, por sua vez, delibera sobre a situação do trabalho. As situações possíveis são:

- Aprovar o trabalho para a publicação.
- Solicitar correções, modificações ou complementações aos autores.
- Rejeitar o trabalho para a publicação.

- Caso a deliberação seja a de solicitação de correções, modificações ou complementações, não significa que o trabalho está aceito, mas que novas rodadas de avaliação poderão ser solicitadas. A autoria será comunicada da decisão de correções, modificações ou complementações e terá o prazo de 15 dias para a manifestação e postagem da nova versão do trabalho juntamente com suas argumentações a respeito das demandas, caso entenda necessário. Isso ocorrendo, o manuscrito seguirá para uma nova rodada de avaliação, na qual os(as) pareceristas envolvidos(as), preferencialmente aqueles(as) que apontaram demandas, serão novamente consultados(as). Para isso, eles(as) terão o prazo de 3 semanas para verificar o atendimento das questões indicadas. Nessas novas rodadas, caso seja necessário, o(a) editor(a) de seção poderá ainda designar outro(a) parecerista, que também terá 3 semanas de prazo para exarar um parecer consolidado.

- Uma vez concluídas todas as rodadas, com base no conjunto das recomendações e pareceres dos(as) avaliadores(as) envolvidos(as), o(a) editor(a) de seção apresenta uma proposta de decisão à Comissão Editorial, que, por sua vez, delibera sobre a situação final da submissão, que poderá ser de aceitar ou de rejeitar.

Fase 3 – Avaliação final de normas, metadados e descritores

O trabalho aprovado para publicação segue para a fase de edição, na qual ele será preparado para a publicação, o que envolve as seguintes etapas:

- Revisão das normas bibliográficas (citações, referências, formatação de textos, ilustrações, quadros e tabelas). Nessa fase, a Comissão Editorial se reserva o direito de proceder à revisão gramatical dos textos e fazer correções, desde que não alterem o conteúdo.

- Revisão dos descritores do artigo e dos metadados, prezando pela correspondência entre as informações que constam no arquivo do texto e as registradas na plataforma SEER.

- Após essas duas revisões, os textos são encaminhados aos(às) autores(as) para leituras e possíveis correções, até que uma versão final seja aprovada. Diante das solicitações, os(as) autores(as) têm o prazo de 15 dias para se manifestarem e postarem a versão final do trabalho na plataforma. Na sequência, os artigos serão encaminhados para a diagramação e publicação.

- Não havendo manifestação dos(as) autores(as) no prazo estipulado, os artigos serão arquivados.

6.2 A revista Movimento estimula a publicação de versões em língua inglesa

A revista Movimento manifesta interesse e estimula os autores e autoras a publicarem os artigos aprovados em português/espanhol também na versão em língua inglesa. O objetivo principal é a maior visibilidade e trânsito da produção científica da área da Educação Física em outros países; e por ser esta uma exigência das bases internacionais, nas quais a Movimento está indexada.

Salientamos que a versão a ser traduzida para o inglês deve ser a última, ou seja, aquela aprovada pela Comissão Editorial na versão em português/espanhol e considerada pronta para ser publicada. Adicionalmente, destacamos que as despesas decorrentes desta tradução correrão por conta da autoria, e que a versão em língua inglesa apresentada deverá atender o mesmo padrão de qualidade da versão em língua portuguesa/espanhola, do contrário, a Movimento se reserva o direito de publicar somente a versão em língua portuguesa/espanhola previamente aprovada. Recomendamos as empresas que constam abaixo.

SUGESTÕES DE SERVIÇOS

VERSO TRADUTORES.
A/C de Roberto Cataldo
roberto@verso.com.br (51)99238-0009

PUBLICASE COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA
https://www.publicase.com.br/artigo-cientifico/traducao-revisao-critica-e-estrategica

ENAGO
https://www.enago.com.br/servico-de-revisao.htm

SCIENTIFIC LINGUAGEM
http://www.scientific.com.br

SIM TRADUÇÕES E SIMULTÂNEAS
https://simsimultaneas.com.br/#services

TERRALÍNGUA
https://www.terralingua.com.br/?ln=pt

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. O texto está adequado ao escopo da revista Movimento (ESEFID/UFRGS), isto é, aborda temas relacionados à Educação Física, no que tange aos seus aspectos pedagógicos, históricos, políticos e culturais; problematiza o fenômeno e o tema investigado tendo como fundamentos teóricos, metodológicos, analíticos e interpretativos aqueles oriundos das Ciências Humanas e Sociais.
  2. A presente submissão não fere nenhuma das 4 delimitações previstas na seção 2 das diretrizes: 1. no máximo, dois trabalhos da mesma autoria ou coautoria por ano; 2. avalia simultaneamente até 2 artigos do mesmo autor/coautor; 3. não aceita submissões de manuscritos que tratem da validação de instrumentos; e 4. não aceita submissões de manuscritos no formato de perguntas-e-respostas provenientes de entrevista com uma dada personalidade destacada da área.
  3. Todos os(as) autores(as) envolvidos(as) assinaram o documento DECLARAÇÕES E ESPECIFICAÇÕES DE AUTORIA, no qual constam registros formais de acordos, de especificações, de direitos e de responsabilidades relativas à produção e à publicação do manuscrito.
  4. A estruturação e a formatação do texto que está sendo submetido foram realizadas a partir do TEMPLATE DISPONÍVEL e consideram os elementos obrigatórios descritos nas normas no que diz respeito à composição do texto, à apresentação das referências e à inserção de ilustrações, tabelas e quadros (se for o caso).
  5. Na composição do manuscrito que está sendo submetido, a autoria teve o cuidado de suprimir todas as informações que possibilitem a sua identificação, questão essa fundamental para preservar o seu anonimato e, assim, assegurar o procedimento de avaliação cega. Esse cuidado foi tomado tanto em relação “ao texto” como às “propriedades do arquivo”.
  6. A autoria está ciente de que uma vez atendidos todos os itens anteriores, o manuscrito estará habilitado para a fase 2 (avaliação de mérito científico pelos pares), quando então lhe será solicitado o comprovante de pagamento da taxa de custeio. Essa taxa é referente exclusivamente ao processo de avaliação, e o valor pago pela autoria, independentemente do resultado final, não será devolvido.
 

Declaração de Direito Autoral

A revista Movimento adota a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0) para os trabalhos aprovados e publicados. Isso significa que os/as autores/as:

- mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação; e

- têm o direito de compartilhar (copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato) e adaptar (remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial).

Licença Creative Commons Mais informações em: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços de e-mail neste site serão usados exclusivamente para os propósitos da revista, não estando disponíveis para outros fins. Todos os direitos reservados. Qualquer parte desta publicação poderá ser reproduzida para fins acadêmicos desde que citada a fonte.