uso do Smartphone em sala de aula na disciplina de história: desafios e possibilidades

Autores

  • Felipe Becker Nunes Antonio Meneghetti Faculdade
  • Eleandro Viana Rosa UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.94913

Palavras-chave:

Smartphone, Ensino de História, Prática Docente

Resumo

Este trabalho buscou compreender o papel do professor de história em meio as TICs, tendo como enfoque o uso do smartphone no ambiente escolar. A metodologia utilizada foi qualitativa e descritiva, tendo por referência bibliografia relativa ao tema e questionários aplicados com professores de história dos anos finais do ensino fundamental. Como resultado observou-se: o interesse da maioria dos professores em receber formação; a necessidade de maior oferta, por parte governo, de cursos para esta finalidade e o potencial que a aprendizagem móvel traz para professores e educandos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Becker Nunes, Antonio Meneghetti Faculdade

Doutor em Informática na Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação (PPGIE) na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Ciência da Computação pelo Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) da Universidade Federal (UFSM) de Santa Maria (2014). Bacharel em Sistemas de Informação na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA - Santa Maria) no ano de 2012. Professor na Antonio Meneghetti Faculdade. Integrante como pesquisador do Grupo de Redes de Computadores e Computação Aplicada (GRECA) e do Grupo de Trajetórias de Aprendizagem em Hiperdocumentos Ubíquo (TRAPHU). Tem experiência com Mundos Virtuais, Agentes Pedagógicos, Ambientes Virtuais de Aprendizagem, Educação a Distância, Computação Móvel e Ubíqua, Contexto e Qualidade do Contexto, Trajetórias de Aprendizagem.

Referências

BLATTMANN, U.; RADOS, G. J. V. Direitos autorais e internet: do conteúdo ao acesso. Rev. Online da Biblioteca Professor Joel Martins, Campinas, v. 2, n. 3, p. 86 – 96. Jun. 2001. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/583/598 Acesso em: 04 Nov. 2018.

BRASIL. Programa Nacional de Tecnologia Educacional. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/proinfo Acesso em: 28 Out. 2018.

Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES disponível em: http://catalogodeteses.capes.gov.br/catalogo-teses/#!/ acesso em: 21 Out. 2018

CENTRO REGIONAL DE ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO. Disponível em: https://www.cetic.br/ Acesso em 17 Out. 2018.

COSTA, F. A.; CARVALHO, A. A. A. WebQuests: oportunidades para alunos e professores. In: CARVALHO, A. A. A. (Org.). Actas do Encontro sobre WebQuest. Braga, Portugual:CIEd, 2006.

DODGE, B. WebQuest: uma técnica para a aprendizagem na rede internet. Disponível em: https://www.dm.ufscar.br/~jpiton/downloads/artigo_webquest_original_1996_ptbr.pdf Acesso em: 10 Nov. 2018.

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Lei n. 12884, de 3 de janeiro de 2008. Dispõe sobre a utilização de aparelhos de telefonia celular nos estabelecimentos de ensino do Estado do Rio Grande do Sul. Disponível em: http://www.al.rs.gov.br/filerepository/replegis/arquivos/12.884.pdf Acesso em 29 Out. 2018.

FORMIGA, D. de O. et. al. A utilização das tecnologias da informação e comunicação como recurso didático no ensino de história. Acta Científica. v. 26, n. 1, 2017.p. 35 – 46. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/actacientifica/article/view/1052 Acesso em: 24 Out. 2018.

FRAIHA-MARTINS, F. F.; GONSALVES, T. V. O. Processos de letramento científico digital: uso de WebQuest na formação inicial de professores. Educação & Linguagem, v. 25, n. 1, p. 75 – 93, Jan – Jun. 2018. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/EL/article/view/8686 Acesso em: 17 out. 2018.

FREIRE, K. X.; RODRIGUES JUNIOR, J. F. Webquest: uma pesquisa ação de seu emprego no ensino Fundamental. IX Congresso Nacional de Educação – EDUCERE. III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia. 26 a 29 de outubro de 2009. PUCPR. p. 6309 – 6319. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2009/2633_1139.pdf Acesso em 05 Nov. 2018.

FUKUZAKI, C. S. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor. Produções Didático-Pedagógicas 2014: A WebQuest no Ensino de História. 33 p.Disponívelem:http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2014/2014_unioeste_hist_pdp_claudete_satiko_fukuzaki.pdf Acesso em: 4 Nov. 2018.

FUNDAÇÃO CAPES. O que é o sistema UAB. Disponível em: http://www.capes.gov.br/uab/o-que-e-uab Acesso em 28 Out. 2018.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. (Orgs). Métodos de Pesquisa. Série Educação a Distânccia. Porto Alegre: UFRGS, 2009.

GIOVANNI, A.; HAHN, F. A. Tecnologias educacionais no ensino de História: uma abordagem possível. Tempo, Espaço e Linguagem, Irati, v. 8, n. 2, p. 154 – 176, Jul – Dez. 2017. ISSN 2177 – 6644. Disponível em: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/tel/article/view/10901 Acesso em: 17 out. 2018.

GONSALES, P. Recursos educacionais abertos, formação de professores e o desafio de educar na cultura digital. In: Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.BR. Pesquisa sobre o uso das tecnologias da informação e comunicação nas escolas brasileiras. TIC 2013. São Paulo: CGI.BR, 2014. Coord. Alexandre F. B. p. 53 – 59. Disponível em: https://cetic.br/media/docs/publicacoes/2/tic-educacao-2013.pdf Acesso em: 11 Nov. 2018.

KARNAL, L. (Org). História na sala de aula: conceitos práticas e propostas. 6. Ed. São Paulo: Contexto. 2010.

MARQUETTI, C.; FALKEMBACH, G. A. M. Uso dos computadores na educação: ferramentas de TI para auxiliar o professor em sala de aula. In: TAROUCO, L. M. R.; ABREU, C. de S. (Org.). Mídias na educação: a pedagogia e a tecnologia subjacentes. Porto Alegre: Editora Evangraff/ Criação Humana, UFRGS, 2017, p. 355 – 370.

MARTINS FILHO, P. Direitos autorais na Internet. Ciência da Informação, Brasília, v. 27, n. 2, p. 183-188, maio/ago. 1998. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v27n2/martins.pdf Acesso em: 04. Nov. 2018.

MENDES, M. Criando e utilizando Home Page como recurso pedagógico para o ensino de Geografia. 2008. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1969-6.pdf?PHPSESSID=2010011508402857. Acesso em 8 Nov. 2018.

PAIVA, U. B. WebQuest como recurso para aprender história no IFAC. Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico (EDUCITEC). v. 3, n. 6, 2017, p. 119 – 130. Disponível em: http://200.129.168.14:9000/educitec/index.php/teste/article/view/188 Acesso em: 04 Nov. 2018.

PINSKY, J. PINSKY; C. B. Por uma história prazerosa e consequente. In: KARNAL, L. (Org.). História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas. São Paulo: Contexto, 2015 p. 17 – 36.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. Lei n. 11.067, de 10 de maio de 2011. Proíbe o uso dos aparelhos de telefonia nas escolas públicas da Rede Municipal de Ensino e dá outras providências. Disponível em: http://www2.portoalegre.rs.gov.br/cgi-bin/nphbrs?s1=000031676.DOCN.&l=20&u=/netahtml/sirel/simples.html&p=1&r=1&f=G&d=atos&SECT1=TEXT Acesso em: 29 Out. 2018.

PROGRAMA HORA DO ENEM. TV Escola. Disponível em: https://tvescola.org.br/tve/serie/hora-do-enem/home Acesso em 28 Out. 2018.

REPOSITÓRIO DIGITAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RUI GRANDE DO SUL (LUME) Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/ acesso em: 21 Out. 2018

SCHMIDT, M. A. A formação do professor de História e o cotidiano da sala de aula. In: BITTENCOURT, C. (org.). O saber histórico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2015. 12° Ed. 2° Reimpressão. p. 54 – 66.

SCIENTIFIC ELETRONIC LIBRARY ONLINE. Disponível em: http://www.scielo.org/php/index.php?lang=pt Acesso em: 20 Out. 2018.

THOMPSON, J. B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

TRINDADE, S. M. da G. D. do C. O passado na pontados dedos: o mobile learning no ensino de história no 3° CEB e no Ensino Secundário. Tese de Doutorado: Especialidade Ensino de Didática da História. Coimbra: Universidade de Coimbra. 2015.

VALENTIM, J. Cibercultura e Educação: transformações e possibilidades na prática pedagógica do ensino básico. Anais III CONAPESC, v.1, 2018, ISSN 2525-399. Disponível emhttp://editorarealize.com.br/revistas/conapesc/trabalhos/TRABALHO_EV107_MD1_SA12_ID110_07042018193831.pdf Acesso: em 13 out. 2018.

VIEIRA, H. I. A.; FERREIRA, C. A. F. As aplicações móveis no ensino de história e no desenvolvimento da consciência história. Revista História Hoje. v. 5, n. 9, p. 205 – 220, 2016. Disponível em: https://rhhj.anpuh.org/RHHJ/article/view/244 Acesso em: 25 Out. 2018.

Downloads

Publicado

2020-11-22

Como Citar

NUNES, F. B.; ROSA, E. V. uso do Smartphone em sala de aula na disciplina de história: desafios e possibilidades. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 23, n. 2 Mai/Ago, 2020. DOI: 10.22456/1982-1654.94913. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/94913. Acesso em: 13 ago. 2022.