Práticas Educativas: relato de experiência na unidade curricular de Engenharia de Software

Autores

  • Ana Sara Castaman Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão http://orcid.org/0000-0002-5285-0694
  • Lis Ângela De Bortoli Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.91595

Resumo

O presente ensaio tem por finalidade apresentar um relato de experiência de práticas educativas implementadas na unidade curricular de Engenharia de Software, no Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS), no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Sertão. Para tanto, está pautado em uma metodologia de pesquisa de abordagem qualitativa empreendida a partir de duas partes: a) apresenta o curso de ADS e a unidade curricular de Engenharia de Software, por meio do Projeto Pedagógico de Curso (PPC) e das diretrizes internacionais para a área de Engenharia de Software; b) analisa as estratégias de ensinagem desenvolvidas na unidade curricular de Engenharia de Software, compreendendo-as como práticas educativas. Conclui-se que as estratégias de ensinagem metacognitivas, ancoradas enquanto práticas educativas privilegiaram o emprego e o desenvolvimento dos processos mentais, a formação de um sujeito autônomo e que partilha da construção do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Sara Castaman, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão

Graduada em Psicologia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2003), graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (2009), mestre em Educação Nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2006) e doutora em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2011). Atualmente atuo como professora no Instituto Federal do Rio Grande do Sul e estou como docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT. Sou líder do Grupo de Pesquisa Políticas Públicas e Formação de Professores para a Educação Básica e Profissional.

Referências

AGUIAR, L. E. V. de; PACHECO E. M. Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia como política pública. In: ANJOS; M. B. dos; RÔSAS, G. As políticas públicas e o papel social dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Natal: IFRN, 2017.

ANASTASIOU, L. G. C.; ALVES, L. P. Processos de ensinagem na universidade. Pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 3. ed. Joinville: Univille, 2015.

ANTUNES, C. Estilos de Aprendizagem. Disponível em: http://www.celsoantunes.com.br/estilos-de-aprendizagem-onde-voce-se-encaixa/ Acesso em: 27 mar. 2019.

BALECHE, F. L. K. Estilos de aprendizagem: um olhar para o aprendiz na prática pedagógica. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/16034_8033.pdf Acesso em: 27 mar. 2019.

BRASIL. Um novo modelo em educação profissional e tecnológica. concepção e diretrizes, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=6691-if-concepcaoediretrizes&category_slug=setembro-2010-pdf&Itemid=30192 Acesso em: 20 set. 2018.

CASTAMAN, A. S.; VIEIRA, M. M. M.. Formação continuada de professores da educação profissional. Regae: Rev. Gest. Aval. Educ. Santa Maria v. 2 n. 3 Jan./jun. 2013 p. 7-15.

DE BORTOLI, L. Â. Non-conventional dynamics in a Software Engineering Course: practical and ludic activities. In: Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software, 2018, São Carlos - SP. Prooceedings of SBES 2018 - ACM Digital Library. , 2018. https://doi.org/10.1145/3266237.3266257.

DE BORTOLI, L. Â. Plano de Ensino da Unidade Curricular de Engenharia do Software. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão. 2019. Mimeo.

FOULIN, Jean-Noël. Psicologia da educação. 1. ed. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. 35 ed., São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GOTTERBARN D. et al. 1999. Software Engineering Code of Ethics. Disponível em http://sistemas.uarg.unpa.edu.ar/~osofia/$IngSof/Practicos/Tp4/p110-gotterbarn-etica.pdf. Acesso em: 16 out. 2018.

GRAMSCI, A. Os Intelectuais e a Organização da Cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1991.

IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão. 2014. Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Disponível em http://www.sertao.ifrs.edu.br/site/midias/arquivos/20154713116670ppc_ads-2014.pdf Acesso em: 20 fev. 2019.

IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Plano de Desenvolvimento Institucional 2019-2023. 2018. Disponível em: https://ifrs.edu.br/wp-content/uploads/2019/03/PDI-FINAL-2018_Arial-1.pdf Acesso em: 27 mar. 2019.

NICHOLSON, S.. A User-Centered Theoretical Framework for Meaningful Gamification. 2017. Disponível em pdf http://scottnicholson.com/pubs/meaningfulframework.pdf Acesso em: 27 mar. 2019.

OLIVEIRA, J. B. A.; CHADWICK, C. Aprender e ensinar. 1. ed. São Paulo: Global, 2001.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. das G. C.. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002. (Coleção Docência em Formação).

RAMOS, M. N. Ensino Médio integrado: da conceituação à operacionalização. Cadernos de Pesquisa em Educação - PPGE/UFES, Vitória, EX, v. 19, n. 39, p. 15-29, jan/jun. 2014.

RATHS, L.; ROTHSTEINS, A. M.; JONAS, A. Ensinar a pensar: teoria e aplicação . São Paulo: EPU,1977.

RONCA, P. A. C.; TERZI, C. do A. A Aula Operatória e a Construção do Conhecimento. São Paulo: Editora do Instituto Esplan, 1995.

SAVIANI, D. Escola e Democracia. São Paulo: Autores Associados, 1995.

______. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. Campinas: Autores Associados, 2008.

VASCONCELLOS, C. dos S. Metodologia dialética em sala de aula. AEC, v. 21, n. 83, abr./jun. 1995.

Downloads

Publicado

2020-05-25

Como Citar

CASTAMAN, A. S.; DE BORTOLI, L. Ângela. Práticas Educativas: relato de experiência na unidade curricular de Engenharia de Software. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 23, n. 1 Jan/Abr, 2020. DOI: 10.22456/1982-1654.91595. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/91595. Acesso em: 12 ago. 2022.