Aprendendo sobre Trabalho Escravo no Brasil por meio da criação de um Jogo Digital Educativo

Autores

  • Janderson Jason Barbosa Aguiar Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.79607

Palavras-chave:

Jogo digital educativo, Trabalho escravo, Jogos desenvolvidos por estudantes, Experiência de ensino e aprendizagem, Aprendizagem baseada em jogos digitais

Resumo

Neste artigo, é relatada uma experiência vivenciada em relação à definição e ao desenvolvimento de um jogo digital educativo voltado ao tratamento, em ambientes educacionais, do tema Trabalho Escravo. Esta experiência destaca-se por incentivar o processo de ensino e aprendizagem desse tema em dois momentos: (i) durante o desenvolvimento do jogo, dado que o grupo de desenvolvimento foi composto por alunos em ambiente escolar; e (ii) após a conclusão das versões do jogo, apresentadas a discentes e docentes avaliadores. Neste artigo, são descritos o processo e resultados da elaboração do jogo, ressaltando-se tanto o uso quanto a aplicação de Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação no espaço escolar. Em relação aos resultados dessa experiência, destaca-se o conceito Ótimo atribuído ao grupo de alunos/desenvolvedores, em dois momentos de avaliação formal, além do visível interesse desses alunos em estudarem o tema Trabalho Escravo e os conteúdos técnicos para o desenvolvimento do jogo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-26

Como Citar

AGUIAR, J. J. B. Aprendendo sobre Trabalho Escravo no Brasil por meio da criação de um Jogo Digital Educativo. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 21, n. 2 Mai/Ago, 2018. DOI: 10.22456/1982-1654.79607. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/79607. Acesso em: 20 ago. 2022.