EDUCAÇÃO A DIST NCIA: UMA ALTERNATIVA PARA A FORMAÇÃO NA ÁREA DE TECNOLOGIA ASSISTIVA?

Autores

  • Miryam Bonadiu Pelosi Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Karine Guedes Ferreira Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
  • Andreza Santos Munaretti Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
  • Janaína Santos Nascimento Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.70197

Palavras-chave:

Terapia Ocupacional, Tecnologia Assistiva, Educação a Distância

Resumo

A disponibilidade de novas tecnologias modificou a forma como as pessoas trocam informações e se comunicam, e beneficiou aquelas com dificuldades comunicativas, criando oportunidades para as Pessoas com Deficiência. Entretanto, este avanço demanda que os terapeutas ocupacionais aprimorem seus conhecimentos em Tecnologia Assistiva. O objetivo desse estudo foi relatar a experiência de realização de um curso piloto, a distância, em Comunicação Alternativa. Esse foi ofertado na Plataforma Moodle, com carga horária de 30 horas, e contou com 119 inscritos. A avaliação das atividades demonstrou que os alunos compreenderam os tópicos abordados no curso e que foram capazes de desenvolver projetos completos com o software Prancha Fácil e com os aplicativos do Portal Arasaac. A experiência mostrou que o uso de Ambientes Virtuais de Aprendizagem, para formação de profissionais que trabalham na área de Tecnologia Assistiva, possibilita o aprendizado de conhecimento suficiente para a realização de atividades práticas de boa qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Miryam Bonadiu Pelosi, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Terapeuta Ocupacional, Mestre e Doutora em Educação pela UERJ Professora Associada da Universidade Federal do Rio de Janeiro Docente do Departamento de Terapia Ocupacional/Faculdade de Medicina

Karine Guedes Ferreira, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Terapeuta Ocupacional graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Andreza Santos Munaretti, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Terapeuta Ocupacional graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Janaína Santos Nascimento, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Terapeuta Ocupacional, Mestre em Atenção à Saúde pela UFTM Professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro Docente do Departamento de Terapia Ocupacional/Faculdade de Medicina

Referências

AOTA – AMERICAN OCCUPATIONAL THERAPY ASSOCIATION. Occupational therapy practice framework: domain and process. American Journal of Occupational Therapy, Rockville, v. 68, n. 6, p. 1-43, 2014.

ABED. Censo EAD.BR: Relatório Analítico da Aprendizagem a Distância no Brasil (2012). Censo EAD.BR. Curitiba: Ibpex, 2013. Disponível em: http://www.abed.org.br/censoead/censoEAD.BR_2012_pt.pdf. Acesso em 30 ago. 2014.

ASHA. AMERICAN SPEECH-LANGUAGE-HEARING ASSOCIATION. Augmentative and Alternative communication (AAC). Disponível em: <http://www.asha.org/public/speech/disorders/AAC.htm.>. Acesso em 2 jan. 2015.

BARDY, L.R. et al. Objetos de aprendizagem como recurso pedagógico em contextos inclusivos: subsídios para a formação de professores a distância. Rev. Bras. Educ. Espec. Marília, v. 19, n. 2, p. 273-288, jun. 2013.

BRYANT, D. P.; BRYANT, B. R. Assistive Technology for People with Disabilities. 2a ed. Boston: Pearson, 2012.

GOMES, S.G.S. Teoria e Prática do Sistema de Acompanhamento em EAD, 2009. Disponível em: http://ftp.comprasnet.se.gov.br/sead/licitacoes/Pregoes2011/PE091/Anexos/Eventos_modulo_I/topico_ead/Aula_09.pdf. Acesso em 13 set. 2016.

PELOSI, M. B.; CARVALHO, N. ; GUEDES, A. L. ; Borges, J.A.S. . Easy Board - A New appoach to the production of alternative communication Boards. In: 17th Biennial Conference of International Society for Augmentative and Alternative Communication (ISAAC), 2016, Toronto. 17th Biennial Conference of International Society for Augmentative and Alternative Communication (ISAAC). Toronto: Isaac, 2016.

PELOSI, M.B. SOUZA, V.L.V; DIAS, R.C.V.; MENEZES, L.T.; OLIVEIRA, L.M. Os caminhos que levaram à criação do Portal de Tecnologia Assistiva do Curso de Terapia Ocupacional da UFRJ. Cad. Ter. Ocup. UFSCar. São Carlos: UFSCar, v. 21, n. 2, p. 289-298, 2013.

PELOSI, M.B. Tecnologia Assistiva voltada para a Formação de Professores no Contexto do AEE. In. L.A.R Martins e L.G.S. Silva (Orgs). Educação inclusiva: Pesquisa, Formação e Práticas. João Pessoa: Ideia, 2015, p.121 - 135.

RANGEL-S.M.L. et al. Redes de aprendizagem colaborativa: contribuição da Educação a Distância no processo de qualificação de gestores do Sistema Único de Saúde – SUS. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 16, n. 41, p. 545-556, jun. 2012.

RIBEIRO, M. A. S.; LOPES, M.H.B.M. Desenvolvimento, aplicação e avaliação de um curso a distância sobre tratamento de feridas. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 14, n. 1, p. 77-84, fev. 2006.

Downloads

Publicado

2018-10-26

Como Citar

PELOSI, M. B.; FERREIRA, K. G.; MUNARETTI, A. S.; NASCIMENTO, J. S. EDUCAÇÃO A DIST NCIA: UMA ALTERNATIVA PARA A FORMAÇÃO NA ÁREA DE TECNOLOGIA ASSISTIVA?. Informática na educação: teoria &amp; prática, Porto Alegre, v. 21, n. 2 Mai/Ago, 2018. DOI: 10.22456/1982-1654.70197. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/70197. Acesso em: 19 ago. 2022.