Gestão Pedagógica de Recursos Multifuncionais: um relato de experiência em uma escola de ensino fundamental no município de Mamanguape/PB, Brasil

Autores

  • Mariano Castro Neto Universidade Federal da Paraíba - UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.57140

Palavras-chave:

Recursos multifuncionais. Pessoas com deficiência. Processos ensino-aprendizagem.

Resumo

Este artigo objetiva relatar a experiência realizada em uma escola pública no Município de Mamanguape-PB acerca da gestão pedagógica de recursos multifuncionais. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo. Como síntese final, pode-se afirmar que há evidências em relação ao aumento da demanda por salas de recursos multifuncionais nas escolas de Mamanguape/PB, portanto, ampliar e aprimorar os processos de gestão pedagógica de recursos multifuncionais tornam-se imperiosos nessa realidade. Como continuação desta pesquisa, procurou-se avaliar e identificar práticas pedagógicas bem sucedidas para pessoas com deficiência a partir do uso de recursos multifuncionais, além de buscar ampliar as discussões acerca da importância da gestão pedagógica desses recursos em escolas públicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariano Castro Neto, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Licenciado em pedagogia pela Universidade Tuiuti do Paraná (1996). Mestrado em Ergonomia (2000) e Doutorado (2006) em Mídia e Conhecimento, ambos pela Universidade Federal de Santa Catarina. A tese conquistou dois prêmios; um pelo MEC/CNPQ/CAPES/SEED/PAPED, e o de EXCELÊNCIA em EaD da ABED/2007 obtendo, entre 93 trabalhos inscritos, o 1º lugar na categoria Pesquisa. Coordenador do Programa Aluno Integrado MEC/SEB/UFPB. Docente convidado e Assessor Pedagógico do Programa de Pós-Graduação em Gestão nas Organizações Aprendentes MPGOA/CE/UFPB. Professor Adjunto III lotado no Departamento de Educação do Campo do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba - Campus I - Cidade Universitária - João Pessoa / PB / Brasil. Áreas de interesse: processos de ensino-aprendizagem realizados em ambientes virtuais de apoio à aprendizagem, aspectos ergonômicos de acessibilidade, agentes pedagógicos em ambientes hipermídia para aprendizagem, teoria da atividade e inclusão digital nas escolas do campo. castroneto.mariano@gmail.com mariano@dce.ufpb.br Centro de Educação Universidade Federal da Paraíba Cidade Universitária / João Pessoa / PB / Brasil CEP: 58051-900 - Fone: +55 (83) 3216-7200

Referências

Referências

BRASIL. [Lei Darcy Ribeiro (1996)]. Lei de diretrizes e bases da educação nacional: Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. - 11. ed. - Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, (2015) - (Série legislação; n. 159).

CASTRO NETO, Mariano. Hipermídia e acessibilidade na era da inclusão/ Luciane Maria Fácil, Vânia Ribas Ulbricht. - João Pessoa: Ideia, (2013).

________. Estado da arte acerca da existência de núcleos de acessibilidade digital localizados no nordeste brasileiro. In: 6º Congresso Nacional de Ambientes Hipermídia para Aprendizagem, João Pessoa: Ideia, (2013). v. 1. p. 1-375.

EIRAS, Jonathas de Sousa. Processo de implantação da sala de tecnologias assistivas em uma escola do município de Mamanguape - PB. 2014. 46f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Licenciatura em Ciência da Computação). Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Campus IV - Rio Tinto - Paraíba - Brasil, julho de (2014).

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social / Antonio Carlos Gil. - 5.ed. - Sao Paulo: Atlas, (1999).

LEI FEDERAL nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, que foi regulamenta pelo Decreto 3298, de 20/12/1999.

LÜCK, Heloísa. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Editora Positivo, (2009).

MEC - Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Manual de Orientação: Programa de Implantação de Salas de Recursos Multifuncionais. Brasília: MEC/SEESP, (2010).

ONU - Organização das Nações Unidas. Resolução 45/91. Assembléia Geral das Nações Unidas, 68a Sessão Plenária. Nova York, 14 dez. (1990).

UNESCO. Declaração de Salamanca. Necessidades Educativas Especiais- NEE Conferência Mundial sobre NEE. Salamanca - Espanha, (1994), 17 p.

VOGEL, Arno (org.) Trabalhando com a diversidade no Planfor: raça/cor, gênero e pessoas portadoras de necessidades especiais. São Paulo. Editora UNESP, Brasília, DF: Flacso do Brasil, (2001).

Downloads

Publicado

2016-11-05

Como Citar

NETO, M. C. Gestão Pedagógica de Recursos Multifuncionais: um relato de experiência em uma escola de ensino fundamental no município de Mamanguape/PB, Brasil. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 19, n. 2, 2016. DOI: 10.22456/1982-1654.57140. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/57140. Acesso em: 20 ago. 2022.