Redes, Sociedades, Esferas: Reflexões de um Teórico Ator-Rede

Autores

  • Bruno Latour Sciences Pro

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.36933

Palavras-chave:

redes, tecnologia, sociedade

Resumo

De uma forma ou de outra, somos todos responsáveis por dar à noção de rede uma imensidão, e como alguns poderiam dizer, uma ampliação hegemônica . Ou porque alguns de vocês criaram a infra-estrutura de hardware e software que adicionou redes digitais às já existentes redes de água, esgoto, rodoviária, ferroviária, de telégrafo, telefônica, ou porque outros, por meio de estudos de mídia, ciências sociais, políticas, história, e mesmo filosofia e neurociência, tentaram capturar o que é tão original no novo mundo de rede produzido por aqueles novos ajuntamentos sócio-técnicos. Quando uma noção torna-se santificada num trabalho de arte como o “Avatar” de James Cameron com o próprio planeta Pandora germinando suas bilhões de conexões webby e com a própria noção de comunicação entre os Na’vis e suas criaturas sendo materializadas por meio de um autêntico plug-in de cabelo, caudas, e crinas, talvez seja a hora de parar e perguntar: “O que fizemos?”. Espero que vocês aceitem que eu me inclua dentro deste altamente profissional “nós”, não por ter contribuído para o desenvolvimento das redes digitais, nem por ter estudado a extensão de vários sistemas sócio-técnicos de informação e comunicação, mas porque, há cerca de 30 anos, tenho encontrado na noção de rede uma maneira potente de reformular questões básicas da teoria, epistemologia e filosofia social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-27

Como Citar

LATOUR, B. Redes, Sociedades, Esferas: Reflexões de um Teórico Ator-Rede. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2013. DOI: 10.22456/1982-1654.36933. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/36933. Acesso em: 15 ago. 2022.