“É A PRÁTICA, A VIVÊNCIA E A CAMINHADA”: A EXPERIÊNCIA DO ENCONTRO DE SABERES NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Autores

  • Luz Gonçalves Brito UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.90327

Palavras-chave:

Encontro de saberes, políticas de ação afirmativa, diálogo inter-epistêmico

Resumo

A inserção ampliada de estudantes negros e indígenas nas universidades brasileiras, a partir das políticas de ação afirmativa, trouxe também a extensão da reflexão sobre a necessidade de consideração, na prática pedagógica, de epistemes outras. Neste contexto, universidades no Brasil, tais como UNB, UECE, UFMG, UFJF, UFPA e UFSB têm integrado cursos em suas grades curriculares nos quais mestras e mestres de saberes e ofícios tradicionais são convidadas/os a ensinar, acompanhados por professoras/es vinculadas/os formalmente às instituições de ensino. Desde 2016-2, a disciplina “Encontro de Saberes” é oferecida pelo Departamento de Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ressoando esse fenômeno epistemológico. Este estudo propõe-se registar algumas experiências de docentes, mestres, mestras e discentes desde a implantação desse espaço no currículo dos cursos de graduação da UFRGS. Os procedimentos metodológicos usados foram a pesquisa de campo no contexto das aulas, leitura dos trabalhos discentes concernentes à turma 2017/2, bem como entrevistas com pessoas ligadas à realização do curso. Busca-se apreender algumas premissas concernentes ao Encontro de Saberes enquanto proposta a um só tempo étnico-racial, política, pedagógica e epistêmica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luz Gonçalves Brito, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Cursa o Doutorado em Antropologia Social pelo PPGAS/UFRGS. Participa do Núcleo de Estudos da Religião (NER-UFRGS).

Downloads

Publicado

2020-09-11

Como Citar

BRITO, L. G. “É A PRÁTICA, A VIVÊNCIA E A CAMINHADA”: A EXPERIÊNCIA DO ENCONTRO DE SABERES NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 14, n. 1, p. 290, 2020. DOI: 10.22456/1982-6524.90327. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/90327. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS