DISTANTES E PRÓXIMOS: UM ESTUDO SOBRE AS METADES EXOGÂMICAS KAGWAHIVA PARINTINTIN

Autores

  • Angela Kurovski

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.8276

Resumo

O presente estudo apresenta uma análise do sistema dualista Kagwahiva Parintintin, retomando principalmente as reflexões de Kracke (1984a;1984b), Menendez (1989) e Peggion (1996). Procuro evidenciar que o sistema de metades patrilineares - Kwandu/ Myt? - regula várias instâncias da vida Kagwahiva, mesmo diante da depopulação sofrida ao longo de um contato desastroso com a sociedade não indígena. O casamento ideal é a exogamia de metades, contudo a busca de casamentos inter étnicos, mais do que sugerir o desuso dos princípios estruturais próprios, frisa exatamente o contrário, uma aplicação destes princípios culturais na situação contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-06-30

Como Citar

KUROVSKI, A. DISTANTES E PRÓXIMOS: UM ESTUDO SOBRE AS METADES EXOGÂMICAS KAGWAHIVA PARINTINTIN. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 3, n. 1, p. 61, 2009. DOI: 10.22456/1982-6524.8276. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/8276. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS