SABERES INDÍGENAS E RESSIGNIFICAÇÃO NO PROCESSO IDENTITÁRIO DOS SATERÉ-MAWÉ/AM

Autores

  • Renan Albuquerque Rodrigues Universidade Federal do Amazonas
  • Aluízio da Silva Ribeiro Neto
  • Maria de Lourdes Ferreira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.49659

Palavras-chave:

saberes tradicionais, identidade, Sateré-Mawé.

Resumo

O trabalho discute saberes tradicionais e seu papel na produção da identidade étnica, tendo como referência o povo Sateré-Mawé. A metodologia empregada foi a pesquisa bibliográfica em produções que abordam a temática implicada em identidade cultural e cosmologia sateré-mawé. O saber tradicional, também denominado etnoconhecimento ou saber local, diz respeito a conjuntos de conhecimentos construídos e reconstruídos no seio de dada população tradicional. Na etnia Sateré-Mawé, esses conhecimentos passam por processos de ressignificação, operando na reconstrução da identidade do grupo indígena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renan Albuquerque Rodrigues, Universidade Federal do Amazonas

Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia da Universidade Federal do Amazonas. Docente do colegiado de Comunicação Social/Jornalismo do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia.

Downloads

Publicado

2014-12-29

Como Citar

RODRIGUES, R. A.; RIBEIRO NETO, A. da S.; FERREIRA DA SILVA, M. de L. SABERES INDÍGENAS E RESSIGNIFICAÇÃO NO PROCESSO IDENTITÁRIO DOS SATERÉ-MAWÉ/AM. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 8, n. 2, p. 206, 2014. DOI: 10.22456/1982-6524.49659. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/49659. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

ENSAIOS BIBLIOGRÁFICOS