GONÇALVES DIAS E A SEÇÃO ETNOGRÁFICA E NARRATIVA DA COMISSÃO CIENTÍFICA DE EXPLORAÇÃO (1859-1861)

Autores

  • Eduardo Henrique Barbosa de Vasconcelos Universidade Estadual de Goías (UEG) Unidade Universitária de Quirinópolis

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.26446

Palavras-chave:

Século XIX, Comissão Científica de Exploração, Gonçalves Dias, Etnografia, Ceará

Resumo

O Brasil deve ser conhecido e estudado pelos brasileiros. Essa ideia foi a força que gestou e legitimou a criação da Comissão Cientifica Exploração (CCE), criada pelos membros do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro com o apoio e o financiamento do governo imperial brasileiro para estimular as pesquisas sobre o “jovem” país. Dentro desse audacioso plano político-científico, o saber e o fazer etnográficos também se fizeram presentes nas ações atribuídas ao poeta/cientista Gonçalves Dias, chefe-responsável das atividades da seção etnográfica e narrativa da CCE e que deveria ter desenvolvido suas atividades na província do Ceará durante 03 anos (1859-1861). Pensar as ações da seção etnográfica e narrativa durante o período de atuação na província cearense é o objetivo deste trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Henrique Barbosa de Vasconcelos, Universidade Estadual de Goías (UEG) Unidade Universitária de Quirinópolis

Graduado em História pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Mestre pelo Programa de Pós- Graduação em História das Ciências e da Saúde da Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz/RJ Professor Efetivo do Curso de História da Universidade Estadual de Goiás - UEG

Downloads

Publicado

2012-12-29

Como Citar

VASCONCELOS, E. H. B. de. GONÇALVES DIAS E A SEÇÃO ETNOGRÁFICA E NARRATIVA DA COMISSÃO CIENTÍFICA DE EXPLORAÇÃO (1859-1861). Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 6, n. 2, p. 219, 2012. DOI: 10.22456/1982-6524.26446. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/26446. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS