ANÁLISE DE UMA NARRATIVA TRADICIONAL ORAL DO POVO PARKATÊJÊ: PYT ME KAXÊR

Autores

  • Marilia Ferreira Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.13468

Palavras-chave:

Parkatêjê, textos orais, myth narratives, culture.

Resumo

Este artigo estuda aspectos de uma narrativa oral mítica tradicional da língua Parkatêjê, o texto Pyt me Kaxêr, ou o texto do Sol e da Lua, que trata de questões centrais da cultura do povo de mesma denominação. O povo Parkatêjê vive no sudeste do estado do Pará e fala uma língua timbira pertencente ao agrupamento linguístico Macro-Jê. Suas narrativas têm como função principal a acumulação, o armazenamento e a transmissão de conhecimentos. Por meio delas, o discurso é expresso linguisticamente. Desse modo, o presente trabalho, com fundamentação na metodologia da linguística descritiva, na linguística textual e em estudos de textos orais, visa abordar questões sobre a estrutura formal e discursiva da narrativa selecionada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilia Ferreira, Universidade Federal do Pará

Professora da Faculdade de Letras vinculada ao Instituto de Letras e Comunicação da Universidade Federal do Pará, em Belém do Pará.

Downloads

Publicado

2010-12-24

Como Citar

FERREIRA, M. ANÁLISE DE UMA NARRATIVA TRADICIONAL ORAL DO POVO PARKATÊJÊ: PYT ME KAXÊR. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 4, n. 2, p. 191, 2010. DOI: 10.22456/1982-6524.13468. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/13468. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS