ESTRATÉGIAS DE APROPRIAÇÃO TERRITORIAL NA CULTURA TRADICIONAL DOS ÍNDIOS SURUÍ EM RONDÔNIA-BRASIL EM TEMPOS DE COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.115507

Palavras-chave:

Covid-19, cultura tradicional, apropriação territorial, territorialização, territorialidades.

Resumo

As invasões em terras indígenas continuam mesmo durante a pandemia Covid-19. O objetivo é compreender as estratégias de apropriação territorial em terras de culturas tradicionais, como a dos índios Suruí, em Rondônia, Brasil. A metodologia da pesquisa utilizou o método de estudo de caso com abordagem qualitativa, valendo-se de um protocolo de pesquisa com três variáveis. Os resultados apontaram para um conjunto de diferentes tipos de invasores de terras indígenas, que não mais se resumem apenas aos latifundiários, podendo a pandemia do coronavírus ter contribuído para o aumento das invasões. A conclusão reitera que as estratégias de apropriação territorial em terras indígenas foram ampliadas, dando indícios da existência de um processo de apagamento da identidade territorial dos índios na América Latina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovana Goretti Feijó de Almeida, Centre for Tourism Research, Development, and Innovation (CiTUR), Polytechnic of Leiria, Portugal.

Doutora e Mestra em Desenvolvimento Regional pela Universidade de Santa Cruz do Sul, Brasil. Recebeu Menção Honrosa no Prêmio Nacional Capes de Teses 2019, área PUR/D. Professora-Visitante no Programa de Pós-Graduação em Gestão Urbana na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR, Brasil). Pesquisadora integrada ao Centre for Tourism Research, Development, and Innovation (CiTUR), Polytechnic of Leiria, Portugal. Pós-doutorado em Gestão Urbana pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR, Brasil). Pós-Doutoranda em Turismo pelo IPLeiria, Portugal. Bacharela em Comunicação Social com pós-graduação em Branding (UNISC, Brasil). Membro no Parlamento Mundial da Educação. Autora dos livros "Identidade Territorial e Branding de Marcas Regionais" e "Marcas e Territórios". E-mail: goretti.giovana@gmail.com

Edson Modesto de Araújo Júnior, Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Doutor em Desenvolvimento Regional (UNISC). Mestre em Comunicação na Universidade de Marília (UNIMAR). Bacharel em Comunicação Social – Jornalismo (UVA). Professor Adjunto permanente na Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e professor titular no Núcleo de Pesquisa e Pós-graduação, Extensão. Coordenador do Departamento de Ciências da Informação e Presidente do Núcleo de Extensão do NUCSA. E-mail: modesto@unir.br

Downloads

Publicado

2021-12-23

Como Citar

ALMEIDA, G. G. F. de; ARAÚJO JÚNIOR, E. M. de. ESTRATÉGIAS DE APROPRIAÇÃO TERRITORIAL NA CULTURA TRADICIONAL DOS ÍNDIOS SURUÍ EM RONDÔNIA-BRASIL EM TEMPOS DE COVID-19. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 15, n. 3, p. 71, 2021. DOI: 10.22456/1982-6524.115507. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/115507. Acesso em: 1 fev. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS