Julius Otto Kaiser para os estudos de Bibliografia e Documentação

Autores

  • Rodrigo de Sales Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245250.176-193

Palavras-chave:

Indexação sistemática. Julius Otto Kaiser. Bibliografia. Documentação. Paul Otlet.

Resumo

A Bibliografia e a Documentação se consolidaram cientificamente no decorrer do século XX refletindo, principalmente, o trabalho desenvolvido por Paul Otlet no contexto do Instituto Internacional de Bibliografia. A presente pesquisa procura resgatar o trabalho realizado pelo bibliotecário alemão Julius Otto Kaiser que, ao desenvolver uma forma de indexação especializada, contribuiu para a constituição de um arcabouço teórico-metodológico tanto do ponto de vista da Bibliografia quanto da Documentação. Por ser pouco retratado pela literatura correspondente a essas áreas, o objetivo aqui proposto foi evidenciar os aspectos que podem fazer de Kaiser um referencial teórico importante para as áreas da Bibliografia e da Documentação. Os procedimentos metodológicos foram amparados por uma análise comparativa entre os trabalhos de Kaiser e Otlet, sob a perspectiva pragmática de William James. Os resultados apontam importantes convergências entre Kaiser e Otlet no que se referem à análise de assuntos de documentos e à função desta no universo da documentação. Conclui que a indexação preconizada por Kaiser merece ser estudada como referencial teórico-metodológico para os estudos de Bibliografia e Documentação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo de Sales, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Departamento de Ciência da Informação - CIN/UFSC

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PGCIN/UFSC

Downloads

Publicado

2019-10-17

Como Citar

DE SALES, R. Julius Otto Kaiser para os estudos de Bibliografia e Documentação. Em Questão, Porto Alegre, v. 25, p. 176–193, 2019. DOI: 10.19132/1808-5245250.176-193. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/92425. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Fórum Internacional A Arte da Bibliografia