Livro e prisão – o caso Em câmara lenta, de Renato Tapajós

Autores

  • Sandra Reimão

Palavras-chave:

Renato Tapajós. Censura. Ditadura militar. Década de 1970.

Resumo

Esse artigo aborda a prisão do escritor Renato Tapajós, em 1977, motivada pela publicação de seu livro Em câmara lenta. Trata-se do único caso de um escritor preso durante a Ditadura Militar devido ao conteúdo de um livro. Trata-se mesmo de um caso único na história recente do País da prisão de um autor devido a um romance. Busca-se entender a especificidade desse processo e seu lugar na história do livro no Brasil. Defende-se a idéia de que a prisão de Renato Tapajós deu-se como uma tentativa de ação preventiva das forças da repressão à publicação de livros de memórias de militantes de esquerda.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-09-02

Como Citar

REIMÃO, S. Livro e prisão – o caso Em câmara lenta, de Renato Tapajós. Em Questão, Porto Alegre, v. 15, n. 1, p. 99–108, 2009. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/9065. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos