Mezcal como herança social: de indicações geográficas genéricas para denominações regionais de origem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245242.404-433

Palavras-chave:

Mezcal, Patrimônio social, Indicações geográficas, Denominações de origem.

Resumo

O artigo discute a trajetória da Denominação de Origem Mezcal no México, a partir da extensão da Declaração Oficial e da atualização do Padrão Oficial Mexicano 070. Com base no trabalho de campo antropológico realizado em algumas regiões produtoras de mezcal, propomos pense nas Denominações de Origem Regionais, para recuperar a diversidade de formas de elaborar mezcal. Uma maneira de conseguir isso é definindo as categorias do mezcal tradicional e ancestral, bem como a sua tradução para cada um dos contextos regionais onde essas bebidas são feitas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José de Jesús Hernández López, El Colegio de Michoacán A. C.

profesor investigador en el Centro de Estudios de Geografía Humana.

Antropólogo social.

Trabajo líneas de investigación: Paisajes culturales, patrimonio, denominaciones de origen.

Publicado

2018-04-19

Como Citar

LÓPEZ, J. de J. H. Mezcal como herança social: de indicações geográficas genéricas para denominações regionais de origem. Em Questão, Porto Alegre, v. 24, n. 2, p. 404–433, 2018. DOI: 10.19132/1808-5245242.404-433. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/78397. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Patrimonio cultural, hegemonía y mediaciones sociales en América Latina