A contribuição das competências infocomunicacionais na atuação do arquivista enquanto mediador

Autores

  • Gleise da Silva Brandão Universidade Federal da Bahia
  • Jussara Borges de Lima Professora adjunta no Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia.

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245243.38-67

Palavras-chave:

Competências infocomunicacionais. Arquivista. Mediação da informação.

Resumo

O objetivo do artigo é analisar as competências infocomunicacionais desenvolvidas pelos arquivistas e a sua contribuição no processo de mediação e formação de usuários de informação. A pesquisa tem abordagem qualiquantitativa. Em relação aos procedimentos metodológicos, adotou-se pesquisa bibliográfica e de campo, tendo o questionário online como técnica de coleta de dados; a amostra é composta por 53 arquivistas que atuam nos arquivos brasileiros (públicos e privados). A análise dos dados baseia-se, prioritariamente, nas categorias de análise e nos indicadores desenvolvidos para aferir as competências infocomunicacionais dos arquivistas. Os resultados mostraram que, de forma geral, as competências infocomunicacionais estão mais desenvolvidas no que diz respeito a identificar a necessidade de informação, buscar e avaliar a informação, estabelecer e avaliar a comunicação. Contudo, identificou-se que os arquivistas apresentam dificuldades tanto para se apropriar das informações que têm acesso, quanto para atuar participativa e colaborativamente. Dessa forma, conclui-se que o desenvolvimento dessas competências influencia diretamente na percepção de seu papel enquanto mediador da informação e, também, na sua atuação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gleise da Silva Brandão, Universidade Federal da Bahia

Doutoranda e mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia, graduada em Arquivologia também pela UFBA. Membro do Grupo de Estudos de Economia Política da Informação, Comunicação e Conhecimento (GEPICC), no qual foi também bolsista de iniciação científica PROPCI/PROPG UFBA. Ex-bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), participação no projeto de pesquisa "Aplicação pedagógica e semiótica da imagem para o ensino de crianças e adolescentes surdos e não surdos: acessibilidade pela via da informação". Membro do Diretório Acadêmico de Arquivologia do Instituto de Ciência da Informação, durante a gestão 2011.

Jussara Borges de Lima, Professora adjunta no Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia.

Jussara Borges possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997), mestrado em Ciência da Informação (2005) e doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas (2011), ambos pela Universidade Federal da Bahia. Realizou estágio doutoral na Universidade de Aveiro, Portugal (2010) e pós-doutoral na Universidade Carlos III de Madrid (2016). É professora adjunta na Universidade Federal da Bahia, onde desenvolve atividades acadêmicas desde 2003. Pesquisa e tem publicações da área de Informação e Comunicação, com ênfase em competências infocomunicacionais e a participação social de indivíduos e organizações. Foi bolsista de pós-doutorado no exterior pelo CNPq entre 2015 e 2016. 

Downloads

Publicado

2018-08-27

Como Citar

BRANDÃO, G. da S.; LIMA, J. B. de. A contribuição das competências infocomunicacionais na atuação do arquivista enquanto mediador. Em Questão, Porto Alegre, v. 24, n. 3, p. 38–67, 2018. DOI: 10.19132/1808-5245243.38-67. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/76752. Acesso em: 1 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos