Demarcações epistemológicas dos estudos de citação: teorias das citações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245233.250-275

Palavras-chave:

Estudos de citação. Epistemologia. Teorias das citações. Teoria normativa. Teoria construtivista.

Resumo

Este artigo revela as demarcações epistemológicas que configuram os estudos de citação na contemporaneidade. Parte-se do pressuposto de que as teorias das citações existentes e amplamente discutidas são antagônicas e complementares. O presente estudo tem como objetivo estabelecer as marcas epistemológicas das teorias normativa e construtivista no âmbito dos estudos de citação. Os elementos que compõem as matrizes epistemológicas das teorias normativa e construtivista são apresentados e discutidos à luz das contribuições presentes na literatura especializada. Conclui-se que as teorias respondem parcialmente os problemas existentes, necessitando buscar aproximações investigativas úteis com outros campos e domínios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Murilo Artur Araújo da Silveira, Universidade Federal de Pernambuco

Doutor em Comunicação e Informação (UFRGS).
Professor do Departamento de Ciência da Informação (UFPE).

Sônia Elisa Caregnato, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Information Studies (University of Sheffield).
Professora do Departamento de Ciências da Informação (UFRGS).

Downloads

Publicado

2017-08-21

Como Citar

SILVEIRA, M. A. A. da; CAREGNATO, S. E. Demarcações epistemológicas dos estudos de citação: teorias das citações. Em Questão, Porto Alegre, v. 23, n. 3, p. 250–275, 2017. DOI: 10.19132/1808-5245233.250-275. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/72870. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>