Ultrapassando as barreiras de conversão e tratamento de dados: indicadores de produção científica dos programas de pós-graduação em engenharia de materiais e metalúrgica

Autores

  • Roniberto Morato do Amaral Universidade Federal de São Carlos http://orcid.org/0000-0002-9816-231X
  • Luc Quoniam Universidade Federal de São Carlos http://orcid.org/0000-0002-6333-6594
  • Leandro Innocentini Lopes de Faria Universidade Federal de São Carlos http://orcid.org/0000-0002-8369-1315
  • Daniel Rodrigo Leiva Universidade Federal de São Carlos
  • Douglas Henrique Milanez Universidade Federal de São Carlos
  • Joyce Fioroni Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245231.228-253

Palavras-chave:

Indicadores de ciência e tecnologia. Bibliometria. Produção científica. Programas de Pós-Graduação. Engenharias II. Pós-Graduação – Avaliação.

Resumo

O objetivo geral deste estudo compreendeu a elaboração e análise de indicadores baseados em dados do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG), disponíveis através dos Cadernos de Indicadores da Capes. O método utilizado foi o estudo de caso e a unidade de análise a área de conhecimento Engenharias II, subárea Engenharia de Materiais e Metalúrgica. Foi empregada a bibliometria como técnica de análise de informação em uma amostra de 5364 registros bibliográficos de artigos científicos referentes ao período de 2007 a 2012. Como resultado, foram elaborados e analisados indicadores bibliométricos sobre a colaboração entre os programas de pós-graduação e a evolução das publicações. Conclui-se que os Cadernos de Indicadores da Capes consolidam-se como uma fonte de informação pública, nacional e disponível a respeito da produção científica nacional, viabilizando a construção de indicadores adequados ao processo de tomada de decisão, visando o aperfeiçoamento do SNPG e das políticas públicas de educação, ciência e tecnologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roniberto Morato do Amaral, Universidade Federal de São Carlos

Professor Adjunto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), vinculado ao Departamento de Ciência da Informação. Pesquisador do Núcleo de Informação Tecnológica em Materiais da UFSCar (NIT/Materiais). Doutor (2010) e Mestre (2006) em Engenharia de Produção e Bibliotecário (2003) pela UFSCar. Atuo na investigação da atividade de Inteligência Competitiva com base na abordagem das competências e sua aplicação à gestão tecnológica e inovação, por intermédio da elaboração e análise de indicadores de produção científica e tecnológica.

Luc Quoniam, Universidade Federal de São Carlos

Livre Docente em Ciências da Informação e da Comunicação na Université Aix Marseille III (1996).. Doutorado em Ciências da Informação e da Comunicação - Université Aix Marseille III (1988). Mestrado em Oceanologia - Université Aix Marseille II (1985). Graduação em Océanologie - Université Aix Marseille III (1984). Graduação em Química Analítica e Proteção do Meio Ambiente - Université Aix Marseille III (1981).Membro do Núcleo de Estudos Avançados em Informática e Gestão do Conhecimento da Uninove (NEAIGC). Pesquisador da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) no Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade - PPGCTS. Líder do Grupo de Pesquisa Lab4u pela UFSCAR. Pesquisador do laboratório IRSIC (EA4262) - Aix Marseille Université. Professeur des Universités - Université du Sud Toulon-Var. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Ciência da Informação e Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: inteligência competitiva, bibliometria, intelligence compétitive, Propriedade Intelectual, Patentes, Cientometria, Infometria, web 2.0, Prospecção Tecnológica.

Leandro Innocentini Lopes de Faria, Universidade Federal de São Carlos

Professor Adjunto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) desde 2002, vinculado ao Departamento de Ciência da Informação. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da UFSCar. Coordenador executivo do Núcleo de Informação Tecnológica em Materiais da UFSCar. Atuação em Ciência da Informação, Prospecção Tecnológica, Inteligência Competitiva, Bibliometria e Indicadores de C&T. Engenheiro de Materiais pela UFSCar (1994). Doutor em Ciência e Engenharia dos Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (2001) e em Ciência da Informação e Comunicação pela Universite dAix-Marseille III (2001).

Daniel Rodrigo Leiva, Universidade Federal de São Carlos

Professor adjunto do Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos. Possui graduação (2003) e mestrado (2006) em Engenharia de Materiais pela UFSCar. Doutor em Física de Materiais pela Université Joseph Fourier, de Grenoble, França, e em Ciência e Engenharia de Materiais pela UFSCar (2009), tendo desenvolvido sua tese em cotutela entre as duas universidades. Durante o período de doutoramento em Grenoble, realizou suas atividades de pesquisa no Institut Louis Néel/CNRS. Foi professor doutor da Faculdade de Ciências Aplicadas da UNICAMP, e atuou como coordenador dos cursos de graduação em Engenharia da unidade. Tem experiência na coordenação de diferentes tipos de projetos financiados, nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. É revisor de diversos periódicos, como Journal of Alloys and Compounds, International Journal of Hydrogen Energy, Powder Technology, Materials and Design, entre outros. Seus assuntos de interesse incluem: materiais para armazenagem de hidrogênio, nanomateriais, informação tecnológica, seleção de materiais, ensino de Engenharia. No DEMa/UFSCar, é atualmente coordenador institucional do Núcleo de Informação Tecnológica em Materiais - NIT/Materiais, e coordenador do curso de graduação em Engenharia de Materiais.

Douglas Henrique Milanez, Universidade Federal de São Carlos

Possui graduação em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (2009), mestrado em Programa de Pós Graduação em Ciência e Engeharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (2011) e doutorado em Ciëncia e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (2015). Atualmente é professor substituto da Universidade Federal de São Carlos. Tem experiência na área de Engenharia de Materiais e Metalúrgica, com ênfase em Engenharia de Materiais e Metalúrgica, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão, bibliometria, indicadores de ciência e tecnologia, nanotecnologia, análise de patentes e nanomateriais.

Joyce Fioroni, Universidade Federal de São Carlos

Possui graduação em Biblioteconomia e Ciência da Informação (2010)  e mestrado em Ciência, Tecnologia e Sociedade (2014) pela Universidade Federal de São Carlos. Atuando principalmente nos seguintes temas: Indicadores Bibliométricos, Programas de Pós-Graduação, Avaliação dos Programas de Pós-Graduação, Engenharia II.

Downloads

Publicado

2017-01-01

Como Citar

AMARAL, R. M. do; QUONIAM, L.; FARIA, L. I. L. de; LEIVA, D. R.; MILANEZ, D. H.; FIORONI, J. Ultrapassando as barreiras de conversão e tratamento de dados: indicadores de produção científica dos programas de pós-graduação em engenharia de materiais e metalúrgica. Em Questão, Porto Alegre, v. 23, n. 1, p. 228–253, 2017. DOI: 10.19132/1808-5245231.228-253. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/66693. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)