Recuperação da informação e a consulta à base de dados no processo de busca do Mecanismo Online para Referências

Autores

  • Proxério Manoel Felisberto Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Roderval Marcelino Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Alexandre Leopoldo Gonçalves Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • João Bosco da Mota Alves Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245223.84-109

Palavras-chave:

Recuperação da informação. Indexação. Modelo de espaço vetorial. Mecanismo online para referências.

Resumo

Os dados das organizações crescem, exponencialmente, a cada ano e têm trazido aos administradores e gerentes incremento para tomada de decisão à qual são diariamente submetidos. Para a gestão destes dados, bem como, para descoberta de informações neles contidas, surgiram os Sistemas de Recuperação da Informação - largamente empregados no ambiente organizacional, atualmente. A Recuperação da Informação foi desenvolvida com a finalidade precípua de fornecer, rapidamente, aos usuários a informação que procuram. A avaliação de um Sistema de Recuperação da Informação é focada em seu motor de busca, medindo o quão rápido ele pode responder a uma consulta, ou o nível de relevância da informação recuperada. Este trabalho tem como objetivo verificar o impacto da utilização de motores de busca, baseados no Apache Solr® , no processo de recuperação da informação contida na base de dados do Mecanismo Online para Referências. Assim, buscaram-se na bibliografia, fundamentos para conceituar a Recuperação da Informação e tratar sobre as peculiaridades que se coadunam com o escopo desta pesquisa. Abordam-se as principais características do servidor de recuperação da informação Apache Solr® e do protótipo desenvolvido para os propósitos deste trabalho. Cabe esclarecer que o Apache Solr® foi configurado para ordenar os resultados pelo nível de relevância, sendo o Modelo de Espaço Vetorial utilizado no cálculo do grau de similaridade. Na sequência, os dados colhidos são tabulados, apresentados e analisados. Concluise que a utilização de motores de busca, baseados no Apache Solr® , impacta, positivamente, no processo de recuperação da informação contida na base de dados do Mecanismo Online para Referências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Proxério Manoel Felisberto, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina, do Campus Araranguá. Integrante e pesquisador do laboratório de pesquisas LPA - Laboratório de Pesquisa Aplicada.

Roderval Marcelino, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Dr., Professor Adjunto do Campus Araranguá no Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Araranguá.

Araranguá – Santa Catarina – Brasil

Alexandre Leopoldo Gonçalves, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Dr., Professor Adjunto do Campus Araranguá no Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Araranguá e no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Trindade (Florianópolis-SC). 

Araranguá – Santa Catarina – Brasil

João Bosco da Mota Alves, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Dr., Professor Titular (aposentado) no Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Araranguá e no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Trindade (Florianópolis-SC). 

Araranguá – Santa Catarina – Brasil

Downloads

Publicado

2016-09-29

Como Citar

FELISBERTO, P. M.; MARCELINO, R.; GONÇALVES, A. L.; ALVES, J. B. da M. Recuperação da informação e a consulta à base de dados no processo de busca do Mecanismo Online para Referências. Em Questão, Porto Alegre, v. 22, n. 3, p. 84–109, 2016. DOI: 10.19132/1808-5245223.84-109. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/63885. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)