Estudos métricos de informação no Brasil e na Espanha a partir dos artigos coletados na WoS

Autores

  • María Luisa Lascurain Sánchez Universidad Carlos III de Madrid, España

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245213.250-270

Palavras-chave:

Estudos métricos de informação. Análise bibliométrica. Brasil. Espanha.

Resumo

Este trabalho analisa a presença de artigos, assinados por autores do Brasil e da Espanha, sobre as disciplinas que formam os estudos métricos de informação (EMI) na WoS. Inicia-se com um número muito baixo de documentos, que cresce ao longo do tempo, com um CMA superior para o Brasil (25,17%) do que para a Espanha (13,57%). O idioma principal, com aproximadamente 60% dos artigos, é o inglês. A temática, examinada a partir das categorias WoS e da agrupação proposta por Glänzel e Schubert (2003), indica a existência de outras áreas diferentes à LIS, como Engenharia ou Medicina. A interdisciplinaridade dos trabalhos manifesta-se também nas revistas de publicação. Este núcleo está formado por publicações nacionais (72,73% para Brasil e 50% para Espanha). A colaboração entre países é muito escassa, com somente nove registros em todo o período estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

María Luisa Lascurain Sánchez, Universidad Carlos III de Madrid, España

Universidad Carlos III de Madrid, España / Laboratorio de Estudios Métricos de la Información (LEMI) /  Instituto Interuniversitario de Investigación Avanzada sobre Evaluación de la Ciencia y la Universidad (INAECU)

Downloads

Publicado

2015-12-24

Como Citar

LASCURAIN SÁNCHEZ, M. L. Estudos métricos de informação no Brasil e na Espanha a partir dos artigos coletados na WoS. Em Questão, Porto Alegre, v. 21, n. 3, p. 250–270, 2015. DOI: 10.19132/1808-5245213.250-270. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/58681. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)