A missão da rede memorial: capital social, sistemas e redes de colaboratividade

Autores

  • Mário Gouveia Júnior Universidade do Porto e Universidade de Aveiro
  • Marcos Galindo Universidade Federal de Pernambuco
  • Sandra Maria Verissimo Soares Arquivo Público Jordão Emerenciano
  • Ângela Cristina Moreira do Nascimento Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245211.76-95

Palavras-chave:

Sistemas memoriais. Rede memorial. Colaboratividade. Acesso à informação.

Resumo

Este texto debate a importância da formação e consolidação de uma rede de instituições de missão memorial em prol da preservação de informação, de sua disseminação e do seu franco e irrestrito acesso. Ilustram nossas considerações a ideia de sistema memorial, pensada enquanto categoria de trabalho que preza pela protocooperação e pelo compartilhamento de informação. Contemplamos a perspectiva de que, trabalhando em conjunto, as instituições podem contribuir de modo mais eficaz no tocante ao compartilhamento de conteúdos informacionais. Da mesma forma, ainda abordamos a formação da Rede Memorial – a busca por uma integração nacional que teve por base uma carta de princípios para sustentar uma política de preservação e acesso aos acervos memoriais e de procedimentos para a conformação de um espaço colaborativo de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mário Gouveia Júnior, Universidade do Porto e Universidade de Aveiro

Licenciado em História (UFPE)

Especialista em Cultura Pernambucana (FAFIRE)

Mestre em Ciência da Informação (PPGCI-UFPE)

Doutorando em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais (UNIVERSIDADE DO PORTO E UNIVERSIDADE DE AVEIRO)

Marcos Galindo, Universidade Federal de Pernambuco

Doutor em História pelo Departamento de Línguas e Cultura da América Latina da Leiden University Países Baixos;

Professor do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação;

Membro do Laboratório de Tecnologia do Conhecimento - Liber onde desenvolve os projetos Rede Memorial de Pernambuco e Preservação da memória digital: um panorama brasileiro;

Diretor de Extensão e Cultura e Coordenador de Educação a Distância da UFPE.

Sandra Maria Verissimo Soares, Arquivo Público Jordão Emerenciano

Licenciada em História

Mestre em Ciência da Informação (UFPE)

Ângela Cristina Moreira do Nascimento, Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste

Licenciada em História;

Especialista em Educação Profissional (ITEP);

Mestre em Ciência da Informação (UFPE)

 

Downloads

Publicado

2015-05-08

Como Citar

GOUVEIA JÚNIOR, M.; GALINDO, M.; SOARES, S. M. V.; NASCIMENTO, Ângela C. M. do. A missão da rede memorial: capital social, sistemas e redes de colaboratividade. Em Questão, Porto Alegre, v. 21, n. 1, p. 76–95, 2015. DOI: 10.19132/1808-5245211.76-95. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/50047. Acesso em: 28 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)