A hemeroteca enquanto espaço documental, informacional e memorial

Autores

  • Carlos Xavier de Azevedo Netto UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA - UFPB
  • Názia Holanda Torres Universidade Federal da Paraíba - UFPB
  • Cláudio Augusto Alves Universidade Federal da Paraíba - UFPB
  • Maria Lúcia Maranhão de Farias Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Palavras-chave:

Periodicals Room. Documentation. Information. Memory. Knowledge.

Resumo

Apresenta a hemeroteca e as práticas inerentes à mesma, de modo a buscar a compreensão de contextos e processos relacionáveis à construção dos fluxos informacionais elaborados a partir de tais conjuntos. Subjacente a essa proposta inicial teve-se a ambição de destacar os etnotextos, dentro de uma linguagem jornalística ancorada por ‘formações de discursos’ e ‘discursos’, por Michel Foucault. Nesse processo, o presente trabalho tem a finalidade de registrar o referencial teórico para a nossa reflexão sobre o papel da hemeroteca enquanto espaço de memória, preservação e acesso ao conhecimento, na tentativa de compreender e reconstituir a maneira pela qual o espaço informacional se configurou no passado. A pesquisa possibilitou verificar a importância dos acervos das hemerotecas como fonte de pesquisa e sua constituição como lugar de memória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Xavier de Azevedo Netto, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA - UFPB

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

Professor Associado da Universidade Federal da Paraíba no Departamento de Ciência da Informação, atuando como coordenador do Núcleo de Documentação e Informação Histórica Regional - NDIHR, como docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI da UFPB.

Názia Holanda Torres, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestranda em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2010).

Cláudio Augusto Alves, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestrando em Ciência da Informação na Universidade Federal da Paraíba. Especialização em Gestão Pública, pelo Centro de Educação Superior Reinaldo Ramos - PB. Graduação em Administração pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente exerce o cargo de administrador na Universidade Federal de Campina Grande, atuando na área de Recursos Humanos.

Maria Lúcia Maranhão de Farias, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação-CCSA/UFPB, graduada em Estatística pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1986), com especialização em Engenharia de Sistemas (1992). Técnico de nível superior/estatístico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

2014-12-05

Como Citar

AZEVEDO NETTO, C. X. de; TORRES, N. H.; ALVES, C. A.; FARIAS, M. L. M. de. A hemeroteca enquanto espaço documental, informacional e memorial. Em Questão, Porto Alegre, v. 20, n. 2, p. 72–85, 2014. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/39462. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos