Telenovela e discurso como mudança social na análise da personagem Maria da Penha em Cheias de Charme

Autores

  • Rosana Mauro Universidade de São Paulo, USP
  • Eneus Trindade Universidade de São Paulo, USP

Palavras-chave:

Telenovela. Brasil. Análise do Discurso. Domésticas. Mudança social. Cheias de CHarme (Telenovela)

Resumo

Analisa o discurso da personagem Maria da Penha, interpretada pela atriz Taís Araújo, da telenovela Cheias de Charme, de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, por meio da aplicação da Análise Crítica do Discurso (ACD). O objetivo é mapear a representação da personagem enquanto empregada doméstica negra brasileira em ascensão social e verificar se tal representação constitui uma perspectiva de mudança na prática discursiva hegemônica de tal categoria profissional e da mulher negra, de um modo geral. A conclusão geral alcançada é que o discurso mantém-se alinhado com o sistema hegemônico apesar de algumas variações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosana Mauro, Universidade de São Paulo, USP

Formada em Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), especialista em Relações Públicas na Fsculdade Cásper Líbero e mestranda na Universidade de São Paulo (USP) na linha de pesquisa Consumo e Usos Midiáticos nas Práticas Sociais.

Downloads

Publicado

2012-12-23

Como Citar

MAURO, R.; TRINDADE, E. Telenovela e discurso como mudança social na análise da personagem Maria da Penha em Cheias de Charme. Em Questão, Porto Alegre, v. 18, n. 2, p. 169–182, 2012. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/33380. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)