As mídias legislativas e a redefinição da noticiabilidade política no Brasil

Autores

  • Antonio Teixeira de Barros UnB
  • Cristiane Brum Bernardes Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro - IUPERJ
  • Cláudia Regina Fonseca Lemos UFMG

Palavras-chave:

Legislativo. Informação política. Noticiabilidade. Valores-notícia.

Resumo

Os critérios de noticiabilidade e os valores-notícia na cobertura política no Brasil foram redefinidos com o surgimento das mídias legislativas, entre outros veículos institucionais criados na década de 1990. O jornalismo produzido por essas mídias leva a informação diretamente ao cidadão, além de alimentar veículos e empresas jornalísticas. Entretanto é questionado como prática assistencialista e paternalista do Estado, que se apropria de técnicas jornalísticas para influenciar a opinião pública. O texto discute o impacto informativo desse modelo, que resultou na criação de uma nova categoria, as chamadas “mídias de fontes”, que oferecem o noticiário pronto, evitando que os fatos relacionados à sua atuação institucional passem pelos filtros da mídia privada.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Teixeira de Barros, UnB

Jornalista Mestre em Comunicação/UnB Doutor em Sociologia/UnB Currículo Lattes

Cristiane Brum Bernardes, Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro - IUPERJ

Bacharel em Jornalismo pela UFRGS Mestre em Comunicação e Informação pela UFRGS Doutoranda em Ciência Política pelo IUPERJ Analista legislativa da Câmara dos Deputados. Currículo Lattes

Cláudia Regina Fonseca Lemos, UFMG

Jornalista Mestre em Letras/UFMG Doutora em Letras/UFMG href="http://lattes.cnpq.br/6939018952536442" target="_blank">Currículo Lattes

Downloads

Publicado

2008-08-13

Como Citar

BARROS, A. T. de; BERNARDES, C. B.; LEMOS, C. R. F. As mídias legislativas e a redefinição da noticiabilidade política no Brasil. Em Questão, Porto Alegre, v. 14, n. 1, p. 11–24, 2008. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/3142. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)