Break comercial: pequenas histórias do cotidiano narrativas publicitárias na cultura da mídia

Autores

  • Márcia Coelho Flausino Universidade de Brasília
  • Luiz G. Motta Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Publicidade, narrativa, cultura da mídia, cotidiano

Resumo

Neste artigo discute-se o discurso publicitário como uma das narrativas do homem em seu cotidiano, inserido numa cultura da mídia. Como suporte teórico-metodológico será utilizada a narratologia. A hipótese de trabalho é de que a narrativa publicitária constrói efeitos de real e outros efeitos de sentido (a comoção, a alegria, o prazer, a satisfação, a ironia, etc.) que se realizam na articulação entre o que é veiculado e as expectativas, identificações e compreensão dos receptores. Verificando-se as lacunas e hiatos negociados na leitura das mensagens publicitárias, por natureza fragmentadas, serão checados o contrato entre telespectador e autor em andamento, a maneira como o texto é levado à consciência do público-alvo e a interação entre o que é e o que não é dito.

-

This paper talks about the discourse of publicity as one of man’s narratives in his quotidian life, inserted in a media culture. The paper has narratology as its theoretical-methodological support. The work hypothesis is that the narrative of publicity builds effects of real and other effects of senses (commotion, joy, pleasure, satisfaction, irony, etc) that are realized in the articulation between what is broadcast and the expectations, identifications and comprehension of the receivers. Verifying the lacunas and hiatus negotiated in the reading of the messages of publicity, fragmented by nature, we will check the contract between the spectator and author in course, how the text is lead to the conscience of the target, the interaction between what is and what is not said.

-

En este artigo se discute el discurso publicitario como una de las narrativas del hombre en su cotidiano, inserido en una cultura de los medios. Como soporte teórico-metodológico será utilizada la narratología. La hipótesis de trabajo es la de que la narrativa publicitaria construye efectos de real y otros efectos de sentido (la conmoción, la alegría, el placer, la satisfacción, la ironía, etc.) que se realizan en la articulación entre lo que es vehiculado y las expectativas, identificaciones y comprensión de los receptores. Verificándose las brechas e hiatos negociados en la lectura de los mensajes publicitarios, por naturaleza fragmentados, serán comprobados los contratos entre telespectador y autor en andamiento, la manera como el texto es llevado a la consciencia del publico objetivo, la interacción entre lo que es y lo que no es dicho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Coelho Flausino, Universidade de Brasília

É redatora publicitária, professora do Curso de Comunicação Social, habilitação Publicidade e Propaganda, Mestra em Comunicação e Doutora em História, pela Universidade de Brasília, pós-doutoranda em Comunicação, pela mesma instituição. Currículo Lattes

Luiz G. Motta, Universidade de Brasília

É doutor em comunicação pela University of Wisconsin, professor da Universidade de Brasília, onde coordena o Núcleo de Estudos sobre Mídia e Política. É editor da revista acadêmica Brazilian Journalism Research. Currículo Lattes

Downloads

Publicado

2007-10-05

Como Citar

FLAUSINO, M. C.; MOTTA, L. G. Break comercial: pequenas histórias do cotidiano narrativas publicitárias na cultura da mídia. Em Questão, Porto Alegre, v. 13, n. 1, p. 89–100, 2007. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/138. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Narrativas