“Ter simplesmente este livro nas mãos é já um desafio”: Livros de oposição no regime militar, um estudo de caso

Autores

  • Flamarion Maués

Palavras-chave:

História editorial, livros de oposição, edição e política

Resumo

O objetivo deste artigo é, a partir da reconstituição do modo como foi escrito e editado o livro Poemas do povo da noite, de Pedro Tierra, e do papel político que a obra desempenhou, assinalar algumas das características dos livros de oposição no período da abertura política (1974-1985). Isso engloba questões relativas a: 1) conteúdo do livro; 2) condições em que o texto foi criado; 3) percurso do original ao livro publicado; 4) perfil do autor; 5) perfil da editora; 6) ligações políticas do autor e da editora; 7) difusão da obra, 8) repercussão nos meios políticos e na imprensa; 9) análise da obra como produto editorial e comercial. Analisando como essas questões estão presentes numa determinada obra podemos definir se ela pode ser considerada um livro de oposição no período em foco.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flamarion Maués

Mestre em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP) e Coordenador editorial da editora Fundação Perseu Abramo Currículo Lattes

Downloads

Publicado

2006-12-09

Como Citar

MAUÉS, F. “Ter simplesmente este livro nas mãos é já um desafio”: Livros de oposição no regime militar, um estudo de caso. Em Questão, Porto Alegre, v. 11, n. 2, p. 259–279, 2006. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/121. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Práticas Editoriais