Análise da longevidade e do tamanho das coautorias acadêmicas: os caminhares na ciência brasileira

Autores

  • Andreia Cristina dos Santos Gusmão Universidade Federal do ABC - UFABC
  • Solange Maria dos Santos Scientific Electronic Library Online -SciELO / FapUNIFESP, São Paulo, Brazil
  • Jesús P. Mena-Chalco Universidade Federal do ABC - UFABC

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245282.116156

Palavras-chave:

Colaboração científica, Coautoria, Longevidade, Caminhar acadêmico

Resumo

O presente artigo propõe um método de detecção, identificação e visualização da longevidade (tempo) e do tamanho da coautoria (número de pessoas) na ciência brasileira, possibilitando a análise dos caminhares dos pesquisadores de acordo com as áreas do conhecimento. Os dados utilizados referem-se a todos os doutores ativos em 2019 registrados na Plataforma Lattes. O método empregado permite observar todos os possíveis agrupamentos de pesquisadores na colaboração em coautoria ao longo do tempo. Os resultados apresentados evidenciam que grupos menores têm uma longevidade maior em relação aos grupos de tamanhos maiores. Este artigo caracteriza de maneira inédita os caminhares (em função da longevidade e tamanho) dos pesquisadores brasileiros, permitindo observar o atuar de cada pesquisador não de forma isolada/independente mas de forma grupal/dependente da interação colaborativa e social, como a ciência é realizada na atualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Solange Maria dos Santos, Scientific Electronic Library Online -SciELO / FapUNIFESP, São Paulo, Brazil

Doutora e mestre em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Coordenadora de Produção e Publicação do Programa SciELO e representante do Comitê Consultivo da Rede SciELO. É membro do Advisory Board do Directory of Open Access Journals (DOAJ) e pesquisadora grupo CiMetrias - Grupo de pesquisa em Métricas da Ciência e Tecnologia

Downloads

Publicado

2022-02-23

Como Citar

GUSMÃO, A. C. dos S.; SANTOS, S. M. dos; MENA-CHALCO, J. P. Análise da longevidade e do tamanho das coautorias acadêmicas: os caminhares na ciência brasileira. Em Questão, Porto Alegre, v. 28, n. 2, p. 116156, 2022. DOI: 10.19132/1808-5245282.116156. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/116156. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos