Avaliação educacional na formação de professores: análise das editoras, periódicos e artigos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245282.115453

Palavras-chave:

Avaliação educacional, Formação de professores, Estado do conhecimento, Indicadores bibliométricos, Base de dados

Resumo

Objetiva mapear e analisar a produção científica de artigos sobre avaliação educacional na formação de professores, indexados nas bases de dados Web of Science, Scopus e Scielo. O estudo baseou-se em indicadores bibliométricos e estabeleceu três eixos de análise: por editoras, periódicos e artigos. Foram mapeados 177 artigos que foram veiculados por 119 periódicos e 76 editoras. Os resultados destacam que 51% da produção dos artigos concentram-se em seis editoras comerciais. Por outro lado, países como Brasil, Espanha, Canadá e Singapura concentram mais de 50% de sua produção em editoras universitárias. Das 119 revistas, identifica-se pela lei de Bradford um núcleo de sete periódicos mais produtivos que são revistas especializadas no tema. O periódico Assessment and Evaluation in Higher Education ganhou destaque por ser o que mais publicou, com nove artigos, e veicula o estudo mais citado. Dos 177 artigos, 20 receberam ao menos 18 citações e são considerados os de maior impacto. Além disso, acumulam 64% das 1.248 citações recebidas por todos os artigos mapeados. Sinalizamos a importância de uma indústria editorial científica consolidada, que dê visibilidade às diversidades culturais das pesquisas e áreas de conhecimento, assim como à profissionalização dos processos editoriais. Ao mesmo tempo, ainda são necessárias políticas de custeio das publicações e debates sobre a monopolização da produção em poucas editoras. Acenamos, ainda, para necessidade de investigar a produção científica sobre avaliação na formação de professores em bases de dados que reúnem periódicos que são invisibilizados no mainstream da ciência, fortalecendo regiões pouco estudadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheurs Lima Frossard, Prefeitura Municipal de Vitória

Doutorando em Educação Física, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); Membro do Instituto de pesquisa em Educação e Educação Física (Proteoria); Bolsista de doutorado/CAPES-ES; Professor da Prefeitura Municipal de Vitória/ES

Felipe Ferreira Barros Carneiro, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Espírito Santo (Ifes)

Doutor em Educação Física no PPGEF/UFES 2019. É mestre em Educação Física pelo PPGEF/UFES 2011. Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (2008). Atuou como professor na Universidade Vila Velha (2011-2015). Atualmente é professor no Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Espírito Santo. Tem experiência em pesquisa na área de Educação Física, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Bibliometria, Cientometria e Análise de Produção Científica.

Wagner dos Santos, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação e professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Física; Líder do Instituto de pesquisa em Educação e Educação Física (Proteoria); Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2.

Downloads

Publicado

2022-02-23

Como Citar

FROSSARD, M. L.; CARNEIRO, F. F. B.; SANTOS, W. dos. Avaliação educacional na formação de professores: análise das editoras, periódicos e artigos. Em Questão, Porto Alegre, v. 28, n. 2, p. 115453, 2022. DOI: 10.19132/1808-5245282.115453. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/115453. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos