Traços identitários e memorialísticos materializados na fotografia de Ivo Tavares da periferia de Salvador, Bahia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245281.353-379

Palavras-chave:

Documento, Fotografia - Ivo Tavares, Memória, Identidade, Periferia

Resumo

O estudo teve como objetivo evidenciar os traços identitários e memorialísticos materializados na fotografia de Ivo Tavares, que demonstram uma ressignificação da periferia de Salvador, Bahia. Quanto ao delineamento metodológico, a pesquisa se configura como qualitativa e descritiva, associada aos métodos documental e indiciário, os quais possibilitaram identificar vestígios presentes na fotografia de Ivo Tavares que estão disponíveis por meio do perfil no instagram desse fotógrafo. Para ampliar as possibilidades investigativas e interpretativas, aplicou-se questionário com perguntas abertas direcionadas ao fotógrafo. Com base nos resultados alcançados, pode-se afirmar que a fotografia produzida por Ivo Tavares é um documento que materializa informações que tanto desmitificam o conceito de periferia quanto favorecem a produção de novas informações sobre as práticas socioculturais dos sujeitos que integram esse lugar, que podem se sentir representados nesse documento, que materializa traços de memória e identidade. Concluiu-se que o sujeito também constitui sua identidade e sua memória na materialização e na produção de documentos, que se perpetuam para além do seu tempo e espaço geográfico. Assim, o documento possibilita que o sujeito registre o que para ele é representativo, tanto em sua individualidade quanto na coletividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Claudia Medeiros de Sousa, Universidade Federal da Bahia

Professora Adjunto do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba. Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba.

Raquel do Rosário Santos, Universidade Federal da Bahia

Professora Adjunto do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba. Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Bahia.

Bernardina Maria Juvenal Freire de Oliveira, Universidade Federal da Paraíba

Professora Associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Doutora em Letras pela Universidade Federal da Paraíba. Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba.

Downloads

Publicado

2021-12-07

Como Citar

SOUSA, A. C. M. de; SANTOS, R. do R.; OLIVEIRA, B. M. J. F. de. Traços identitários e memorialísticos materializados na fotografia de Ivo Tavares da periferia de Salvador, Bahia. Em Questão, Porto Alegre, v. 28, n. 1, p. 353–379, 2021. DOI: 10.19132/1808-5245281.353-379. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/114215. Acesso em: 28 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)