Bibliotecas escolares e web 2.0: revisão da literatura sobre Brasil e Portugal

Autores

  • Cassia Cordeiro Furtado Univrsidade de Aveiro

Palavras-chave:

Biblioteca escolar. Web 2.0. Biblioteca 2.0. Brasil. Portugal.

Resumo

O artigo enfoca o papel da educação e da biblioteca na Sociedade da Informação e apresenta conceitos e características da Biblioteca 2.0 (L2). Defende o uso da web 2.0, na biblioteca escolar, visando otimizar ou criar serviços e produtos, para fins de conquista dos usuários, visibilidade e espaço na escola e na sociedade. Identifica nos programas públicos de incentivo e implantação de bibliotecas nas escolas, no Brasil e em Portugal, a presença ou recomendações para o uso da web 2.0. Com base na literatura conclui que, em Portugal, já ocorre a iniciativa do uso dos blogs por parte da biblioteca escolar, porém com escassez de comentários por parte do usuário. E que as bibliotecas brasileiras têm um longo caminho a percorrer no que tange as bibliotecas escolares, como também no contexto dos sistemas de informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cassia Cordeiro Furtado, Univrsidade de Aveiro

Professora Dept. Bibliotconomia UFMA Mestre Ciência da Informação - UnB Doutoranda Informação e Comunicação em Plataformas Digitais - Universidde de Aveio - PT

Downloads

Publicado

2010-03-10

Como Citar

FURTADO, C. C. Bibliotecas escolares e web 2.0: revisão da literatura sobre Brasil e Portugal. Em Questão, Porto Alegre, v. 15, n. 2, p. 135–150, 2010. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/10888. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)