Estudo bibliométrico sobre moda em teses e dissertações na área das Ciências da Comunicação

Autores

  • Eneus Trindade Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo Escola de comunicações e artes Universidade de São Paulo https://orcid.org/0000-0001-8231-4027
  • Priscila Rezende Carvalho Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo Escola de comunicações e artes Universidade de São Paulo https://orcid.org/0000-0002-6929-3716
  • Francisco Carlos Paletta Departamento de Informação e Cultura Escola de comunicações e artes Universidade de São Paulo https://orcid.org/0000-0002-4112-5198

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245273.251-274

Palavras-chave:

Organização da Informação, Bibliometria, Teses e Dissertações, Comunicação, Moda.

Resumo

A recente institucionalização da moda como objeto de estudo no campo científico e acadêmico e o crescente interesse no assunto observado em diversas áreas são as premissas desta bibliometria de teses e dissertações. O objetivo é dimensionar e caracterizar a produção tendo como escopo os programas de Pós-Graduação em Comunicação no Brasil, explorando quantitativamente como essa área, em particular, fomentou o debate sobre o assunto na academia. Para tanto, o trabalho passa por duas discussões principais: pela relação entre a moda e os estudos dos consumos na área da comunicação, e pela bibliometria e o uso de ferramentas computacionais para a visualização e comunicação de resultados. O período delimitado para o corpus de análise é entre os anos de 2006 e 2018, em que foi observado crescimento da produção sobre o tema. Além de demonstrar a evolução da produção neste período, os resultados apresentam as instituições e os pesquisadores de destaque e relacionam as palavras-chave mais utilizadas, vislumbrando tendências de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eneus Trindade, Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo Escola de comunicações e artes Universidade de São Paulo

Bolsista Produtividade (PQ) Nível 2 CNPq (2014). Possui graduação em Comunicação Social Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal de Pernambuco (1995), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1999), doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2003), Pós- doutorado em Antropologia Visual pela Universidade Aberta de Portugal (2009) e Livre-docência em Ciências da Comunicação pela USP (2012). Atualmente é professor regime de dedicação integral à docência e à pesquisa – 40 horas da Universidade de São Paulo (USP), na Escola de Comunicações e Artes (ECA). Na Graduação o docente é responsável pela matéria de Teoria e Técnica da Publicidade do Curso de Publicidade e Propaganda. No Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM), o docente atua desde 2007, orientando no mestrado e no doutorado.O professor tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Linguagem Publicitária, atuando principalmente nos seguintes temas: estética e consumo, produção de sentido em publicidade e propaganda, estudos da enunciação e da recepção em linguagens publicitárias e práticas de consumo. Coordenador do PPGCOM/USP 2013 até o momento. Foi Presidente 2010 a 2015 da Associação Brasileira de Pesquisadores em Publicidade (ABP2). Vice -líder do Grupo de Estudos em Semiótica Comunicação, Cultura e Consumo (GESC3) e membro do Grupo de Pesquisa Coletivo de Estudos em Estética, ambos cadastrados no CNPq e Vice-Coordenador do GT Recepção: processos de interpretação, uso e consumo midiático da Compós (2014 e 2015).

Priscila Rezende Carvalho, Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo Escola de comunicações e artes Universidade de São Paulo

Doutoranda em Ciências da Comunicação pelo PPGCOM da ECA-USP com o projeto "Sempre um vir a ser: tendências dos estudos na interface comunicação e moda", na linha de pesquisa Processos Comunicacionais: tecnologias, produção e consumos. É mestra em Têxtil e Moda pela EACH-USP (com período visitante na Università di Bologna, Itália), e graduada em Têxtil e Moda, também pela EACH-USP. Pesquisa as seguintes temáticas na interface Comunicação e Fashion Studies: Moda e Cultura Material; Consumo e Circulação Midiática; e Humanidades Digitais. Participa do GESC3 - Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação, Cultura e Consumo.

Francisco Carlos Paletta, Departamento de Informação e Cultura Escola de comunicações e artes Universidade de São Paulo

Professor e Pesquisador da Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações e Artes. Atua nas áreas de Ciência da Informação, Administração Geração e Uso da Informação, Gestão de Dispositivos de Informação, Humanidades Digitais, Curadoria Digital, Recuperação e Organização da Informação, Gestão do Conhecimento, e Bibliotecas Digitais. Acumula experiência profissional e acadêmica em tecnologia da informação, gestão da inovação, gestão da informação e do conhecimento, e inteligência estratégica, Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo. Pós Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade do Porto. Pós Doutorado pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares. Mestre em Engenharia de Produção, MBA em Marketing, Pós-Graduação em Engenharia de Materiais, Pós-Graduação em Estratégia e Geopolítica, Especialista em Planejamento Estratégico Universidade de Minnesota, Especialista em Automação Industrial pelo Automation College, Phoenix Arizona. Engenheiro Eletrônico pela Faculdade de Engenharia Industrial. Master Sciences Humaines et Sociales, mention Information et Communication, spécialité Gestion de L ' Information et de la Connaissance ? Documenta, Université Paul-Valéry Montpellier III - França. Master Domótica y Hogar Digital pela Universidad Politécnica de Madrid - Espanha. Presidiu a Novell do Brasil - empresa líder em software de infra-estrutura de redes, web-services e soluções de identidade segura. Foi também presidente da Altiris Brasil, empresa especializada em soluções para gerenciamento do ciclo de vida em infra-estrutura de Tecnologia da Informação. Antes de ser presidente da Novell do Brasil, foi Diretor de Negócios e Gerente de Serviços da Novell para a América Latina. Atuou, como Diretor de Serviços da Sun Microsystems. Na Honeywell do Brasil, foi responsável pela área de engenharia de aplicação e negócios da Divisão de Instrumentação e Controle de Processos Industriais e da Divisão de Homes & Buildings. Na EDS, atuou como Diretor de Serviços para as indústrias de Manufatura, Energia e Global Accounts para o Brasil e América Latina. Professor Universitário desde 1989 atuou no Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Paulista. Na Fundação Armando Alvares Penteado coordenou a Pós Graduação, Pesquisa e Extensão da Faculdade de Computação e Informática e atuou como Diretor da Faculdade de Engenharia. Professor Titular da Faculdade de Engenharia, da Faculdade de Computação e Informática, e do MBA da Faculdade de Administração. Coordenou o Curso de Pós Graduação Master Gestão da Informação Digital e do Conhecimento. Atuou como Diretor da Faculdade de Computação e Informática. Coordenou os convênios internacionais com Universidade Paul-Valéry Montpellier III, Universidade Carlos III, Universidade de Londres - Goldsmiths, Politécnica de Madri, Politécnica de Milão, Westminster, QUT, Universidade da California Berkley, Universidade do Colorado Bolder, Universidade de Firenze. Colaboração com Universidade Complutense, ESCCA e MIT. Membro filiado da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB) e American Library Association (ALA). Líder do Grupo de Pesquisa Observatório do Mercado de Trabalho em Informação e Documentação. Vice Chefe do Departamento de Informação e Cultura. Presidente da Comissão de Cultura e Extensão Universitária da Escola de Comunicações e Artes ECA/USP. Professor e Orientador no Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

TRINDADE, E.; CARVALHO, P. R.; PALETTA, F. C. Estudo bibliométrico sobre moda em teses e dissertações na área das Ciências da Comunicação. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 3, p. 251–274, 2021. DOI: 10.19132/1808-5245273.251-274. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/106126. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos