A mediação da informação na Casa Abrigo da Paraíba: o protagonismo das mulheres no enfrentamento à violência doméstica

Autores

  • Aurekelly Rodrigues da Silva Universidade Federal da Paraíba
  • Gisele Rocha Côrtes Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245273.94-119

Palavras-chave:

Mediação da Informação, Protagonismo Social, Violência Doméstica, Casa Abrigo, Mulheres.

Resumo

A pesquisa objetiva verificar como a mediação da informação na Casa Abrigo da Paraíba favoreceu o protagonismo das mulheres para romper com a situação de violência doméstica. Quanto à metodologia, o estudo tem caráter descritivo, com abordagem qualitativa, para cujo desenvolvimento foi utilizado como estratégia o estudo de caso. O campo de pesquisa foi a Casa Abrigo da Paraíba e as interlocutoras foram mulheres que acessaram o órgão. Na coleta, utilizou-se a entrevista em profundidade, realizada com mulheres que se encontram privadas de sua liberdade, e que precisaram recorrer a um abrigo para se manterem vivas. Os dados foram analisados utilizando-se a análise de conteúdo. Os resultados demonstram que a Casa Abrigo da Paraíba é um espaço crítico, de dialogia, criatividade e alteridade, no qual a mediação da informação é consciente e constante com o intuito de ressignificar a violência vivenciada pelas mulheres acolhidas na Casa. Constata-se que a mediação dos conteúdos informacionais dinamizados pela Casa Abrigo da Paraíba contribuiu no desenvolvimento do protagonismo das mulheres, impactando nas percepções sobre a violência doméstica e o rompimento com o ciclo de violência. Quanto ao protagonismo das mulheres, este pôde ser constatado na resistência e luta para romper com a situação de violência desde o momento que elas buscaram ajuda e foram direcionadas para o órgão. Finaliza-se considerando que a informação mediada conscientemente pode ser uma das vias para mudança de mentalidades e reversão dos diversos problemas existentes em nossa sociedade, que ainda é regida pelo machismo, pelo racismo e pela desigualdade social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aurekelly Rodrigues da Silva, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Gisele Rocha Côrtes, Universidade Federal da Paraíba

Professora do Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós Gradução da Universidade Federal da Paraíba.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

DA SILVA, A. R.; CÔRTES, G. R. A mediação da informação na Casa Abrigo da Paraíba: o protagonismo das mulheres no enfrentamento à violência doméstica. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 3, p. 94–119, 2021. DOI: 10.19132/1808-5245273.94-119. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/103439. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos