Em busca de um conceito para a mediação cultural em bibliotecas: contribuições conceituais

Autores

  • Alessandro Rasteli Universidade Estadual Paulista (UNESP). Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI). http://orcid.org/0000-0002-4481-9670

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245273.120-140

Palavras-chave:

Mediação cultural, Mediação cultural - bibliotecas, Bibliotecário - mediador cultural.

Resumo

O objetivo deste estudo foi a construção de um conceito para a mediação cultural em bibliotecas com base na Ciência da Informação no Brasil e França. A pesquisa possui uma abordagem qualitativa, de tipo exploratóriodescritivo, adotando-se os métodos de pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo e aplicando-se a análise de conteúdo aos dados coletados. Verificaram-se diversos elementos que puderam ser utilizados para propor um conceito de mediação cultural em bibliotecas, formulado assim: “Mediação cultural em bibliotecas é o conjunto de processos, interferências e dispositivos que possibilitam a apropriação cultural, colaborando na construção de significados com o intuito de alcançar o protagonismo cultural e o desenvolvimento sociocultural”. O conceito de mediação cultural em bibliotecas vincula-se a processos, a interações, à construção de sentidos, aos paradigmas do acesso e democratização da cultura, às políticas culturais e à apropriação e protagonismo culturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandro Rasteli, Universidade Estadual Paulista (UNESP). Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI).

Bibliotecário. Especialista. Mestre em Ciência da Informação (UNESP). Doutor em Ciência da Informação (PPGCI-UNESP).

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

RASTELI, A. Em busca de um conceito para a mediação cultural em bibliotecas: contribuições conceituais. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 3, p. 120–140, 2021. DOI: 10.19132/1808-5245273.120-140. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/103240. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos