Ações e estratégias voltadas para a ciência aberta em universidades estaduais paulistas: um estudo multicaso

Autores

  • Nivaldo Calixto Ribeiro Universidade Federal de Minas Gerais Universidade Federal de Lavras
  • Dalgiza Andrade Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais
  • Sarah Rúbia de Oliveira Santos Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245272.164-192

Palavras-chave:

Ciência Aberta, Universidades Estaduais Paulistas - Brasil, Comunicação Científica

Resumo

Este estudo tem como objetivo geral identificar e refletir sobre as ações das universidades estaduais paulistas - Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - quanto à divulgação da pesquisa científica e à produção de novos conhecimentos por meio de estratégias voltadas para a Ciência Aberta. Como objetivos específicos, pretende-se apontar políticas públicas adotadas nas universidades estaduais paulistas e identificar como essas instituições definem suas diretrizes relacionadas às novas formas de compartilhamento de dados e de informação. Como procedimentos de coletas de dados, são empregados a pesquisa bibliográfica e o levantamento documental. Além disso, endereçamos aos gestores das três universidades aqui trabalhadas, via Serviço de Informações ao Cidadão (SIC), uma solicitação de compartilhamento de informações sobre as iniciativas e as estratégias de Ciência Aberta desenvolvidas por essas instituições. Para a análise, categorizamos e classificamos os dados levantados por meio das cinco correntes de pensamento que representam perspectivas reconhecidas pelos autores Fecher e Friesike (2013). Os dados foram tratados em planilha Excel e interpretados com o auxílio do conjunto de ferramentas nas nuvens de business intelligence Power BI. Concluiu-se que as universidades investigadas apresentam grande foco na pesquisa e, portanto, estão seriamente envolvidas em diversos movimentos voltados para a Ciência Aberta. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nivaldo Calixto Ribeiro, Universidade Federal de Minas Gerais Universidade Federal de Lavras

Doutorando em Gestão e Organização do Conhecimento pela Universidade Federal de Minas Gerais (PPG-GOC/UFMG). Mestre em Administração, linha de pesquisa em Gestão Estratégica, Marketing e Inovações. Graduação em Biblioteconomia (2002) e Especialista em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação pelo Centro Universitário de Formiga (2006). Foi professor colaborador do Centro Universitário de Formiga, da Escola Superior em Meio Ambiente, bibliotecário da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e atualmente é Bibliotecário da Universidade Federal de Lavras. Tem experiência em bibliotecas universitárias, atuando principalmente nos seguintes áreas: Redes interorganizacionais, sociometria, ciência aberta, métricas alternativas.

Dalgiza Andrade Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Docente da Escola de Ciência da Informação/Programa de Pós-Graduação em Gestão da Organização e do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (PPGCI/UFMG-2011). Mestre em Ciência da Informação (PPGCI/UFMG-2005). Bacharel em Biblioteconomia (Escola de Biblioteconomia/UFMG-1991). Coordenadora do Programa Carro-Biblioteca/ECI (10/2013-10/2015). Tem experiência na área de Ciência da Informação e Biblioteconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: fontes de informação, cidadania, prática informacional, comunicação científica e estudos bibliométricos, pesquisa cientifica, bibliotecas públicas e bibliotecas escolares. Ministra disciplinas sobre Recursos e Serviços de Informação. Vice-Presidente e Membro da Comissão de Divulgação e Valorização Profissional do Conselho Federal de Biblioteconomia - 18ª Gestão (2019/2021)


Sarah Rúbia de Oliveira Santos, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Gestão e Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais (PPG-GOC/UFMG), Bacharela em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Pesquisadora no Laboratório de Estudos Métricos da Informação na Web (Lab iMetrics) e no Grupo de Pesquisa em Política e Tecnologias da Informação e Comunicação (GPOLITICs). Suas linhas de interesse são Comunicação Científica, Ciência Aberta e Estudos Métricos da Informação.

Downloads

Publicado

2021-03-26

Como Citar

RIBEIRO, N. C.; OLIVEIRA, D. A.; SANTOS, S. R. de O. Ações e estratégias voltadas para a ciência aberta em universidades estaduais paulistas: um estudo multicaso. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 2, p. 164–192, 2021. DOI: 10.19132/1808-5245272.164-192. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/102078. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos