A cidadania nas pontas dos dedos: um panorama por meio dos aplicativos cívicos no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245271.160-184

Palavras-chave:

Cidadania Digital, Aplicativos cívicos, Tecnologia cívica, Democracia Digital, Participação social

Resumo

Analisa o exercício da cidadania digital no Brasil por meio dos aplicativos cívicos disponibilizados entre os anos de 2012 e 2018. A metodologia consiste em pesquisa exploratória e descritiva, baseada em pesquisa documental e análise de conteúdo. A coleta de dados se deu entre os meses de junho de 2017 e dezembro de 2018 e lançou mão de quatro fontes principais de informação. Foram identificados 27 aplicativos cívicos e analisados documentos digitais referentes aos mesmos (em sites, blogs, matérias jornalísticas e redes sociais), sendo levantadas nove categorias ou unidades de análise dos aplicativos. Os aplicativos foram categorizados e foi realizada uma análise de gráficos visando compreender o exercício da cidadania digital no país por meio dos aplicativos disponibilizados. Conclui-se que o exercício da cidadania digital no Brasil apresenta um cenário por um lado condensado em alguns valores de categorias, como os autores e temas dos aplicativos cívicos, por outro lado disperso quanto as ferramentas cívicas que possibilitam a cidadania digital no país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandryne Bernardino Barreto Januário, Tribunal de Justiça de Pernambuco

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco. Bibliotecária no Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Renato Fernandes Correa, Universidade Federal de Pernambuco

Doutor em Ciência da Computação. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFPE.

Downloads

Publicado

2020-12-22

Como Citar

JANUÁRIO, S. B. B.; CORREA, R. F. A cidadania nas pontas dos dedos: um panorama por meio dos aplicativos cívicos no Brasil. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 1, p. 160–184, 2020. DOI: 10.19132/1808-5245271.160-184. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/100461. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos